Inspirações

25 plantas fáceis para locais difíceis: quentes e secos

Tratar o solo com cal para baixar a acidez ou fazer uma emenda nas zonas do jardim com problemas de drenagem são trabalhos que por vezes resultam difíceis. E o pior é que nem sempre se conseguem bons resultados.

O ditado popular diz que “se não podes vencer o inimigo, junta-te a ele”. E é precisamente o que recomendamos: recorra a plantas adaptadas às condições difíceis do jardim em vez de as tentar solucionar. Durante os próximos dias fique a conhecer as mais plantas adequadas a cada ambiente.

Quentes e secos

A seca, associada a um ambiente quente, é uma situação frequente nos espaços naturais. Mas a natureza é sábia e salva as plantas permitindo-lhes desenvolver proteções que as ajudam a adaptar-se. Estas, são algumas das mais bonitas.

1 – Salva (S. officinalis)

Adubo dosificado. Existem espécies de salva com folhas púrpuras e amarelas mas são todas aromáticas e as flores dispõem-se em forma de espigas. Antes de plantar, aligeire o solo com areia, caso não esteja suficientemente solto ou a drenagem falha quando rega ou chove. Não adube muito para que não desenvolva folhagem em excesso. No final do verão, desbaste os ramos secos. Nova folhagem surge antes da chegada do tempo frio.

2- Maleiteira maior (Euphorbia characias)

Com frio, casca de pinho. Trata-se da mais espectacular das euphorbias, com mais de um metro de altura e a folhagem azulada que termina em espigas de flores em amarelo. Pode plantar na primavera ou no início do outono para que enraízem antes do inverno. Se o clima da sua zona é frio, pode ter que aplicar “mulch” no solo no início do inverno.

3- lúca (Yucca gloriosa)

Em jardins urbanos. É uma planta de traços arquitectónicos. Adora o Sol e a seca e a sua floração, impressionante, acontece 2 a 3 anos depois da plantação. Plante na primavera, preparando uma excelente drenagem. Também resiste à contaminação atmosférica, pelo que é ideal para jardins urbanos.

4- Lavanda (Lavandula angustifolia)

Sofre em terras compactadas. A lavanda é perfeita para os jardins mediterrânicos para cobrir taludes com as suas cabeças de folhas prateadas. Ou para margens de passeios. Oferece ramos de flores azuis que deixam um fresco perfume na roupa guardada em armários, desde que esteja ao Sol e em solo drenado. Evite solos argilosos e compactos.

5- Tritoma (Kniphofia uvaria)

A muita profundidade. Em qualquer tipo de terra emite fantásticas espigas de cores incandescentes. Na altura da plantação, conte com uma pá de terra vegetal ou composto por cada planta. Enterre as raízes a 20 cm de profundidade em buracos amplos. E nunca a mova.

Leia também: 25 plantas fáceis para locais difíceis: sombrios e húmidos

Fotos: Pixabay

Gostou deste artigo? Subscreva o canal da Jardins no Youtube e siga-nos no Facebook e no Instagram

Poderá Também Gostar