Jardins

4 alternativas ao relvado

Se para si não é fácil conseguir um relvado verde e saudável, propomos que o substitua por espécies de baixo crescimento. As 8 espécies que lhe propomos são ideais para qualquer superfície.

Antes de por mãos à obra, verifique: 

  • Está à procura de uma solução original para substituir o relvado?
  • Está farto de cortar a relva todos os fins de semana?
  • Tem um pequeno jardim onde o relvado não cresce em condições?
  • O seu relvado foi invadido por musgo?
  • Debaixo da sombra das suas árvores não cresce absolutamente nada?
  • O relvado fica amarelado no verão?

Se respondeu sim a pelo menos uma das perguntas, este texto diz-lhe respeito. Vai ficar a saber que é possível desfrutar de uma superfície verde até nos locais aparentemente mais difíceis. Em princípio, a solução mais económica e rápida é optar por uma mistura de sementes. Existem sementes para sombra, para ambientes, secos e rústicas, entre outras. De qualquer modo não deixam de necessitar de uma série de atenções: rega, corte, adubo, coberturas e arejamento. As alternativas que lhe propomos têm a vantagem de não necessitar de cortes regulares e de se adaptarem a situações por vezes muito difíceis.

1. Cerastium

Emite numerosos e delgados rebentos, cobertos por pequenas folhas cobertas por uma fina penugem de cor cinzento mate. Na primavera e no verão cobre-se de pequenas flores brancas. Se pretende que fique denso, deve podar depois da floração.

Vantagens: Crescimento rápido, que chega a 60 cm/ano. Uma única planta cobre até 9 m2. Adapta-se à forma do terreno. Inconvenientes: Em zonas secas e muito quentes, necessita rega uma vez por semana.

2. Dichondra macanthra

Planta vivaz, a Dichondra macanthra é semelhante à helxine mas com as folhas maiores e mais espessas. Bem aclimatada nas regiões subtropicais, funciona sobretudo em jardins de microclima temperado, suave, mas com bastante humidade.

Vantagens: Rasteira, cresce em forma de rosetas. Ideal para zonas de sombra.

Inconvenientes: Para manter a cor verde, necessita regas frequentes no verão e temperaturas não inferiores a -8 ºC.

3. Hera

Tem grande facilidade em colonizar o solo graças à emissão de novas raízes. É muito decorativa pelas folhas em forma de coração, por vezes matizadas, com manchas cremes, brancas ou amarelas. Recomendamos a Hedera helix “Variegata”.

Vantagens: Adapta-se a todas as exposições, incluindo a sombra , embora a “Variegata” necessite um pouco de Sol. Cresce rapidamente em solos alcalinos, húmidos, mas bem drenados e ricos em húmus.

Inconvenientes: Deve ser regada em períodos secos.

4. Hipericão

A espécie Hypericum calycinum é uma excelente planta rasteira, muito vistosa graças às flores amarelas, presentes todo o Verão. É ideal para cobrir taludes não muito pronunciados, margens de zonas arborizadas e qualquer outra área que necessite de cobertura vegetal consistente.

Vantagens: Adapta-se perfeitamente à sombra.

Inconvenientes: É sensível à ferrugem. Neste sentido, terá que realizar tratamentos com fungicidas e fazer podas.

Guia de cultivo

Qualquer que seja o método de cultivo – sementeira ou plantação – primeiro deve preparar o terreno. Elimine o relvado antigo, aplicando herbicida total, à base de glifosato, no outono. Depois, é necessário cavar a terra, arejar e picar.

Plantação: As plantas adquirem-se em cubetas de plástico. Retire as plantas do recipiente e plante deixando uma distância entre 40 a 50 cm, sem comprimir demasiado com os pés. Para finalizar, regue com aspersor ou regador de ralo fino.

Sementeira: De março a maio e em setembro/outubro, semeie à mão, cruzando os passos para não deixar qualquer zona sem sementes. Depois, regue com regador de ralo fino ou aspersor.

Manutenção: Durante o primeiro ano, vigie a plantação, regando sempre que necessário e eliminando qualquer erva estranha. Aplique adubo de libertação lenta especial para relvado todas as primaveras para ajudar ao estabelecimento e a prevenir a longevidade.

Fotos: Pixabay e Harry Rose 

Gostou deste artigo? Subscreva o canal da Jardins no Youtube e siga-nos no Facebook e no Instagram.

Poderá Também Gostar