Plantas de Interior

Begónia Rex, a rainha no mundo das begónias

De todas as variedades de begónias, as begónias Rex são as mais bonitas e mais impressionantes, encantando qualquer um com a sua fascinante folhagem. Possuem largas folhas, que surgem em várias formas, desde redondas e lisas a irregulares e peludas, em várias cores, podendo passar do verde ao vermelho, ao bordeaux ou mesmo até ao prateado. Apesar de esta planta florir, as suas flores são insignificantes quando comparadas com a fabulosa folhagem que as caracteriza.

De acordo com a American Begonia Society (ABS), todos os tipos de begónia Rex são descendentes de espécies indianas, introduzidas para cultivo pela primeira vez em 1850. A sua hibridação resultou em inúmeras cultivares, o que faz da begónia Rex uma planta muito popular. A maioria das begónias Rex desenvolve-se a partir de uma haste engrossada, designada por rizoma. No entanto, estas plantas não são consideradas rizomatosas devido à coloração da sua folhagem e às suas condições de crescimento mais rigorosas.

Deve ter em conta que não toleram temperaturas muito baixas, sendo difícil cultivar no jardim. O local ideal para as begónias é no interior de casa. Como as folhas são extremamente atrativas, não será difícil escolher um local para exibir as suas begónias; deve ter em conta apenas alguns aspetos na hora de escolher o local perfeito.

Folhagem de uma begónia Rex com textura irregular e peluda

Cuidados a ter

Luz

O local escolhido deverá receber bastante luz indireta durante todo o ano. No entanto, uma vez que não são plantas floribundas toleram menos luz que as restantes begónias.

Temperatura

A temperatura ideal é de 18-19ºC.

Água

Este é um dos aspetos mais importantes e em que as begónias revelam mais sensibilidade. Apesar de gostarem de água, não toleram água em excesso. Morrem mais rapidamente por excesso de água do que pela sua falta. O solo encharcado e as folhas molhadas por muito tempo podem levar à sua podridão. Deixe o solo ficar seco entre as regas.

Adubo

Na primavera, quando os novos crescimentos começam a surgir, comece por aplicar um adubo equilibrado (14-14-14 ou 20-20-20) considerado um adubo de manutenção. A sua aplicação deve ser quinzenal.

Humidade

Como gostam de humidade alta, o ideal será colocar os vasos em cima de um prato com gravilha ou cascalho e encher com água. Ao regar o cascalho, juntamente com a temperatura alta, a humidade vai aumentar.

Solo

Estas plantas preferem solo húmido e rico, arejado, leve e de fácil drenagem.

Transplante

As begónias Rex crescem a partir de um rizoma superfi cial e nodular. Por este motivo, as begónias dão-se melhor em vasos largos e relativamente baixos, onde o rizoma se possa alargar. Enquanto houver espaço sufi ciente no vaso, a begónia não necessita de ser mudada. Ao plantar, não deve encharcar o solo, mas mantê-lo levemente húmido.

Manutenção

Remova folhas velhas junto ao solo para ajudar a manter a circulação de ar e evitar o aparecimento de fungos.

Fotos: Thinkstock

Gostou deste artigo? Siga-nos no Facebook, no Instagram e no Pinterest e subscreva o nosso canal no Youtube.

Poderá Também Gostar