Hortícolas e Frutícolas

Cebolinho-chinês


No oriente, o cebolinho-chinês é considerado a “joia entre os vegetais” e é muito utilizado em culinária.

Apresentação

Nomes Comuns Cebolinho-chinês, alho-chines, alho-flor, alho-selvagem, alho-oriental, cebola-selvagem.

Nome científico Alium tuberosum ou A. ramosum (variante selvagem), antigamente era designada como A. odorum.

Origem Ásia Central e Norte (Sibéria e Mongólia).

Família Liliáceas ou Aliáceas.

Características Planta herbácea, vivaz bolbosa, com folhas finas, verdes, claras ou escuras, estreitas (1-2 cm de diâmetro), formando
pequenos tufos com 30-50 cm de altura (podem chegar aos 70 cm) e 30 cm de largura. Os bolbos ou rizomas têm 1 cm de diâmetro, crescem todos os anos e é de onde saem as raízes que dão origem a novos rebentos. As flores formam uma umbela branca em forma de estrela.

Fecundação/Polinização As flores são hermafroditas, polinizadas por abelhas e outros insetos, aparecem entre junho-outubro.

Factos Históricos Cultivada há milhares de anos na China e Japão, muito utilizada na culinária chinesa, nepalesa, coreana, vietnamita e indiana, é descrita como “Joia entre os vegetais”.

Ciclo Biológico Vivaz, dura entre 7 a 30 anos.

Variedades mais cultivadas Existem variedades que são mais usadas pelas folhas, e outras pelas flores.

Para as folhas “Shiva”, “Broad Leaf”, “Broad Belt”, “Hiro Haba”, “New Belt”.

Para as Flores “Flowering Chinese Leek” ,“Nien Hua” e “Tenderpole”. A variedade “Monstrosum” tem folhas maiores mas é uma planta ornamental.

Parte Comestível Folhas, flores (botões das flores), têm um sabor a cebola e alho.

 

Condições ambientais

Solo Adapta-se a solos arenosos e argilosos, mas devem ser, moderadamente ricos em húmus, bem drenados, profundos, húmidos e frescos. O pH deve ser de 5,2-8,3, tolerando solos mais alcalinos.

Zona climática Temperada, tropical e subtropical.

Temperaturasótimas: 18-25ºC Min: 4-5ºC Max: 40ºC.

Germinação 15-20 °C.

Paragem do desenvolvimento 4ºC.

Exposição solar Sombra parcial ou pleno sol (mais de 6 horas).

Humidade relativa Alta.

 

Fertilização

Adubação Estrume de ovelha, vaca, borras de café e regas com chorume de vaca bem diluído. Também gosta de composto.

Adubo verde Luzerna, favarola e azevém.

Exigências nutritivas 3:1:3 +Ca (azoto:fósforo:potássio).

 

Técnicas de Cultivo

Preparação do solo Lavrar o solo superficialmente (10-15cm) com uma fresa.

Data de plantação/sementeira Abril-maio ou setembronovembro no exterior ou fevereiro-março em estufa em tabuleiros de sementeira, para depois transplantar.

Tempo de Germinação 10-20 dias.

Tipo de plantação/sementeira Por semente diretamente na terra ou em tabuleiros de sementeira. Divisão dos bolbos e colocação noutro local, quando as plantas tiverem 2 anos de vida (primavera ou outono).

Faculdade germinativa (anos) 1-2 (a semente deve ser preta com um ponto branco).

Profundidade 0,5-1 cm.

Compasso Tufos espaçados de 20 x 25 cm ou 25 x 30 cm.

Transplantação quando tiver 10 cm de altura ou passado 2-4 meses.

Consociações Cenouras, acelgas, beterrabas, videiras, roseiras, camomila e tomateiro.

Rotações Retirar do canteiro de 7 em 7 anos.

Amanhos Cortar as plantas a 5 cm do solo para que voltem a crescer na primavera; mondar as infestantes.

Regas Apenas na primavera e no  verão, mantendo sempre a terra húmida e fresca.

 

Entomologia e patologia vegetal

Pragas Normalmente não é afetada, mas aparecem esporadicamente afídios, mosca da cebola e trips.

Doenças Míldio, bolor branco e ferrugem.

 

Colheita e Utilização

Quando colher Colher as folhas rente ao solo (3 cm), quase todo o ano assim que tiverem 5-10 cm – pode efetuar 3-8 cortes por
ano na mesma planta. Na China, as partes brancas que estão no solo, são muito apreciadas. As flores cortam-se ainda em botão, antes de aparecer a verdadeira flor (primavera – verão). A primeira colheita só deve ser feita no 2º ano, para deixar crescer os rizomas.

Produção 1,5-2,0 t/ha/ano de folhas.

Condições de armazenamento Podem-se congelar em cubos de gelo ou colocar no frigorifico em sacos de plástico (1 semana).

Valor Nutricional Tem 2,6% de proteína, 0,6% de gordura e 2,4% de glúcidos. Também contem Vitamina A, B1 e C. A componente
essencial são os óleos com alicina e alina.

 

Usos

As folhas servem para aromatizar saladas, sanduíches, molhos, sopas e pratos à base de ovos, mariscos, peixes, carnes e em batatas fritas. As folhas e caules também podem cortar-se a 5 cm e serem cozinhadas ligeiramente no Wok. As flores ou os seus “botões” são comestíveis e servem para aromatizar saladas.

Medicinal Trata-se de uma planta com propriedades antibacterianas, cardíacas, depurativas, digestivas, estimulantes e tonifica o estômago. Melhora o funcionamento do fígado e reduz a incontinência. Na Índia o óleo é utilizado para cortes e picadas de insetos.

 

Conselho de especialista

Trata-se de uma plantamuito fácil de cuidar, assim que crie raízes. Depois possibilita muitos cortes que podem servir para vários usos culinários. Cuidado com esta planta, pois passa rapidamente para os locais mais próximos, invadindo tudo (auto semeia-se).
Considerada infestante perigoso na Austrália. Atrai borboletas, abelhas e repele traças e toupeiras. Numa horta caseira, basta plantar, 6-12 pés, para colheitas ao longo do ano.

 

Fotos: Thinkstock

Poderá Também Gostar