Aromáticas e Medicinais

Como cultivar alecrim

alecrim

Nome científico: Rosmarinus officinallis prostratus.

Nome comum: Alecrim rasteiro.

Exposição solar: Sol pleno.

Solo: Bem drenado, ligeiro e com pH um pouco alcalino. Quando plantar, misture ao substrato universal alguma terra de jardim ligeiramente alcalina.

Ciclo de vida: Perene.

Época de floração: Maio-outubro.

Cor da floração: Roxa.

Época de plantação: Março-abril.

Densidade de plantação no terreno: 4-5 plantas/m2.

Floreira/vaso: Dá-se bem em vaso mas precisa de espaço para se desenvolver e durar bastantes anos (30-40 cm são suficientes).

Colheita: Pode ser colhida em qualquer altura do ano.

Manutenção: Pode, a seguir à floração, esta poda é indispensável para a regeneração da planta e aparecimento de novas flores e ramos. Não há praga ou doença que a ataque, é uma verdadeira resistente. No terraço pode cultivá-lo num vaso sozinho ou numa floreira juntamente com o tomilho e a segurelha. Na horta gosto muito de utilizar o alecrim para fazer bordaduras e delimitar talhões, é benéfico para a horta, pois repele insetos.

Necessidades em água: Necessita de muito pouca água, apenas uma rega semanal a seguir à plantação. Não suporta solos encharcados.

Propriedades: Para além da utilização como condimentar, a sua infusão é antisséptica, combate a tosse, a asma e a febre.

Foto: Flickr

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Poderá Também Gostar