Como ter um verão cheio de cor

A cor é um dos elementos mais importantes na composição de um jardim, tem a capacidade de influenciar os nossos sentidos e os nossos sentimentos. Aqui ficam algumas sugestões de plantas cuja floração de várias cores está no auge nos próximos meses. Não perca tempo, pois todas elas ainda podem ser plantadas até ao final de junho.

Amarelo

Uma das cores primárias, alegre, brilhante, chama a luz e os insetos o que é bom para a polinização. Combina-se facilmente com o verde das folhagens e com flores cor de laranja.

Hibisco (Hibiscus rosa-sinensis)

Arbusto de folha persistente, pode atingir 1,5-2 m de altura, com uma floração exuberante na primavera e no verão. Gosta de zonas soalheiras, de solos ricos em matéria orgânica e bem drenados. Funciona bem em sebe ou isolado. Sensível às geadas. Deve ser podado a seguir à floração.

Girassol-anão (Hellianthus annus)

Planta anual com uma floração exuberante desde o final da primavera até ao início do outono. Pode atingir 0,70-0,80 m, gosta de muito sol e não sobrevive à sombra. Precisa de solo fértil, rico em matéria orgânica e gosta de regas regulares.

Margarida-amarela (Euryops chrysantemoides)

Arbusto de folha persistente com floração quase todo o ano. Pode atingir 1 m de altura. Gosta de zonas com sol e terrenos bem drenados; resistente à secura.

Vermelho

Uma das cores secundárias, talvez a mais forte e marcante do círculo cromático, faz um contraste fantástico com o verde-escuro das folhagens ou com uma parede branca.

Sálvia (Salvia splendens)

Planta herbácea anual (em Portugal, por vezes, é bienal) que atinge 0,3-0,40 m, gosta de sol, solos bem drenados; não tolera excesso de água. A floração prolonga-se desde a primavera até ao final do verão.

Petúnia (Petunia surfinia)

Planta herbácea anual que atinge os 0,3 m de altura, gosta de sol, de locais protegidos de ventos, solos férteis e bem drenados. Deve ser regada com regularidade, pois não tolera a secura.  A floração prolonga-se do início da primavera até ao início do outono.

Buganvília (Bougainvillea spectabilis)

Planta trepadeira que pode atingir até 3 m de altura, gosta de zonas com muito sol, solo fértil, rico em matéria orgânica e bem drenado. A floração inicia-se na primavera e vai até ao outono. Deve ser conduzida e podada a seguir à floração.

Cor-de-rosa

Com inúmeros tons, que vão desde o rosa-pálido ao intenso fúchsia, uma cor doce e harmoniosa que fica muito bem combinada com tons próximos e faz um grande contraste com o azul e com o amarelo.

Equinácea (Echinacea purpúrea)

Herbácea perene que pode atingir 1-1,5 m de altura, gosta de sol ou meia-sombra, solos bem drenados; resiste ao frio e à geada. Floração desde o início da primavera até ao início do outono. Pode ser dividida por tufos no início do outono.

Flocos (Phlox drummondii)

Herbácea anual, com 0,4 m de altura. Floração na primavera e verão, gosta de solos arenosos ou argilosos, mas ricos em matéria orgânica, de sol ou meia-sombra; não gosta de calor excessivo, mas tolera bem o frio.

Dica: Todas as herbáceas anuais com floração de verão poderão ser semeadas (na primavera) ou plantadas agora. Se for comprá-las agora, tenha o cuidado de escolher exemplares com muitos botões e poucas flores abertas; assim garante um maior período de floração.

Dedaleira (Digitalis purpurea)

Herbácea vivaz (a parte aérea desaparece nos meses mais frios e rebenta outra vez na primavera) muito utilizada nas bordaduras floridas inglesas e francesas. Atinge 1- 1,5 m de altura e está em floração de meados da primavera até ao final do verão. Gosta de sol ou meia-sombra e de qualquer tipo de solo; necessita de regas frequentes.

Branco

É a cor da luz, traz serenidade e tranquilidade aos jardins. Existem infinitos tons de branco que ficam bem entre si e combinados com qualquer cor.

Malmequeres (Leucanthemum x superbum)

Herbácea perene com cerca de 0,6-0,9 m de altura, está em floração desde o início do verão até ao final do inverno. Gosta de solos bem drenados e não tolera acidez, sol pleno ou meia-sombra em regiões muito quentes. Deve ser regada regularmente nos meses de mais calor e podada no final da floração.

Noveleiro (Viburnum opulus)

Arbusto de folha caduca, com cerca de 3-3,5 m de altura. Está em flor desde o início da primavera até ao final do verão, as flores parecem as das hortênsias. Gosta de solos ácidos, ricos e bem drenados, sol ou meia-sombra, tolera o frio ou as geadas leves. Deve ser fertilizado na primavera e verão, e podado após a floração.

Abélia (Abelia grandiflora)

Arbusto de folha persistente com cerca de 1-2 m de altura e floração na primavera e verão. Gosta de sol e meia-sombra, tolera frio e calor; não resiste bem à secura. Deve ser podada no outono.

Fotos: Thinkstock

Gostou deste artigo? Subscreva o nosso canal no Youtube e siga-nos no Facebook, no Instagram e no Pinterest.

Poderá Também Gostar