Cozinhar

Compota de figo com canela e vinho do Porto

Ingredientes para cerca de 6 frascos de 200ml de capacidade
  • 1,5 kg de figos (usei pingo de mel)
  • 1 kg de açúcar
  • 2 paus de canela
  • 100ml de vinho do Porto
Preparação

Lave os figos e corte-os em quartos. Coloque-os depois numa panela grande, onde tudo caiba à vontade, e acrescente o açúcar. Mexa bem, até o açúcar começar a dissolver-se com os figos. Leve o tacho ao lume e deixe levantar fervura. Acrescente os paus de canela e o vinho do Porto e reduza o lume para o mínimo, deixando a compota cozinhar lentamente, reduzindo e engrossando.

Quando a compota tiver atingido o ponto desejado, o chamado ponto de estrada – em que colocando um pouco da compota num pires e passando com a ponta de uma colher ou do dedo, esta abre uma “estrada” que não se une de imediato – a compota está pronta. Tenha apenas cuidado para não deixar a compota cozinhar demasiado, para que não caramelize e fica rija. (No meu caso a compota cozinhou cerca de 1h30 até atingir o ponto, mas poderá demorar um pouco mais ou um pouco menos.)

Coloque a compota ainda quente nos frascos de vidro previamente esterilizados (e de preferência também quentes) e tape de imediato. Vire-os depois de cabeça para baixo e deixe ficar assim cerca de 30 minutos para que criem um vácuo natural. Etiquete a gosto e guarde-os depois num local fresco e seco até utilizar.

Foto: Joana Roque

Gostou deste artigo? Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Poderá Também Gostar