Plantas Ornamentais

Conheça as orquídeas mediterrânicas

Serapia

Com os dias mais quentes e luminosos há que colocar rede de sombra para proteção se não quisermos ter plantas de folhas amareladas e possivelmente até queimadas. A circulação do ar circundante às nossas orquídeas é também bastante importante, especialmente porque com o aumento do calor também proliferam as pestes sendo as cochonilhas (lapa, algodão, etc) as mais temidas na minha estufa.

Isto levou-me a pensar na razão porque que se dá pouca importância ao cultivo das orquídeas também mediterrânicas. Numa altura em que cada vez se fazem mais passeios no campo para observar e fotografar orquídeas silvestres, porque não também cultivá-las nas nossas casas e jardins? Afinal temos as condições ideais para as “nossas” orquídeas mediterrânicas.

Cymbidium Tiger Moth

Estive mais uma vez com um grupo de orquidófilos na exposição de orquídeas de Londres. Nessa exposição encontram-se já algumas das espécies de orquídeas mediterrânicas ao lado das mais ornamentais e mais conhecidas. Também dois jardins que visitámos na região de Kent (no sul da Inglaterra) tinham como “atrações” algumas orquídeas silvestres misturadas com outras flores campestres em prados criados para exibirem isso mesmo… flores campestres. E você, transformaria o seu relvado num prado de flores do campo?

Sendo espécies protegidas, não vou agora aconselhar a que as colham da natureza. Há já sites europeus que as vendem por correio. No entanto, como a proteção que temos é pouca ou nenhuma, mais vale muitas vezes colhermos uma planta da natureza do que vê-las a serem comidas por rebanhos de ovelhas, destruídas por motards em ralis pelas serras, mortas como infestantes de relvados ou cobertas por camadas de betão em construções. Sejamos responsáveis. Não destruam pequenas populações de plantas em zonas protegidas mas há locais e situações em que colher uma planta é protege-la.

Ophrys scolopax

Deixo aqui um desafio a quem tem um jardim ou um prado de flores silvestres. Tentem introduzir algumas espécies de orquídeas mediterrânicas. Muitas cultivam-se também em vasos. Investiguem e experimentem com uma ou outra espécie. São tão bonitas e peculiares como as mais exóticas. Descobrir espécies como Dactylorhizas, Ophrys, Serapias, Orchis e tantas outras poderá ser uma boa surpresa.

Fotos: José Santos

Gostou deste artigo? Subscreva o canal da Jardins no Youtube e siga-nos no Facebook e no Instagram.

Poderá Também Gostar