Hortícolas e Frutícolas

Curgete: dicas e curiosidades

Em todas as línguas a curgete tem uma denominação própria e em muitas delas é o diminutivo de abóbora. No Brasil, esta planta chama-se abobrinha, mesmo em francês, curgete é um diminutivo de courge, que é abóbora. Aqui tenho pesquisado e existem várias versões, mas a verdade é que se falarmos em abobrinha ou em abóbora-menina ninguém a relaciona com a curgete!

Curgetes e abóboras

A curgete é da família das curcubitáceas, assim como as mil e uma variedades de abóbora e ainda a melancia, o melão, a meloa e o pepino. A curgete e a abóbora são as que mais se parecem. Se deixarmos a curgete crescer muito, ela fica enorme e muita gente acha que é mesmo uma abóbora, mas são diferentes em muitos aspetos. A curgete é uma planta arbustiva, pode ocupar um grande espaço, mas não se alastra, enquanto a abóbora é rastejante. Se tiver uma horta pequena, um só pé de abóbora pode “passear” por toda ela e até subir por uma latada.

As curgetes são boas quando ainda são jovens e tenras. Em Itália, são até vendidas muito pequeninas e com a flor agarrada. As abóboras normalmente são consumidas na sua fase adulta e podem ser mantidas por muitos meses.

Depois de criadas, devemos ter cuidado se queremos colher as curgetes ainda tenras, pois nessa fase elas crescem muito rapidamente. Não se preocupe, mesmo grandes e mais rijas, elas são ótimas para engrossar sopas e fazer doce, exatamente como fazemos com a abóbora.

Sabia que?

Todas as espécies da família das cucurbitáceas são monoicas, ou seja, têm flores macho e flores fêmea, que se distinguem facilmente, pois as fêmeas são as que têm o fruto.

As flores também são comestíveis e muito apreciadas, mas cuidado para só tirar as flores masculinas e mesmo estas não devem ser todas retiradas pois a planta precisa das duas flores para ser polinizada e produzir frutos.

curgete

Curgete com flor.

De comer e chorar por mais

Uma deliciosa iguaria é a flor de curgete recheada com queijo, panada e frita ou feita no forno. As curgetes baby, pequenas e muito tenrinhas, ainda com a flor agarrada, podem ir ao forno salpicadas com sal grosso, alecrim e um fio de azeite. Mesmo só a curgete jovem, cortada às rodelas e feita na grelha com um pouco de azeite, é uma delícia.

Fotos: Thinkstock

Poderá Também Gostar