Aromáticas e Medicinais

Estragão, uma erva aromática sofisticada

O estragão oferece sofisticação – tanto aos seus cozinhados como ao jardim. Os caules folhosos são belos em vinagres aromatizados e o aroma resultante é óptimo para temperar pratos de aves. O estragão é uma das primeiras ervas a crescer na primavera.

Descrição

Perene resistente; até 60 cm de altura.

Flores: Minúsculas flores redondas florescem na ponta dos caules entre meados e finais do verão.

Folhas: As folhas estreitas e lisas têm entre 3 a 10 cm de comprimento. Desenvolvem-se em conjuntos de três na base da planta e individualmente até ao cimo. A planta seca no inverno.

Sabor e fragância: O estragão possui um sabor doce parecido com a erva-doce com um travo penetrante; a sua fragância é semelhante.

Como cultivar

Quando plantar: Compre uma planta jovem e transplante-a para o jardim na primavera ou no verão. O estragão é em geral estéril e só raramente produz sementes. Mordisque uma folha antes de comprar para ter a certeza do seu aroma a alcaçuz fresco. Plante estacas no outono e mantenha-as no interior durante o inverno até à primavera depois de atingirem os três anos de idade.

Onde plantar: Prefere a luz direta do sol; tolera luz filtrada.

Solo e fertilidade: Plante em solos férteis e bem drenados. Aplique uma cobertura do solo com composto no início da primavera todos os anos.

Espaço entre as plantas: Deixe um espaço de 60 centímetros quadrados para cada planta.

Pragas: Normalmente, livre de pragas.

Doenças: Susceptível a podridão das raízes em solos com fraca drenagem; pode desenvolver ferrugem.

Colheita

Quando colher: Apanhe as folhas de estragão em qualquer altura. Para um melhor aroma, colha-as de manhã.

Como colher: Corte as pontas dos ramos. Para secar, corte ramos inteiros. Corte a planta em meados do verão para estimular novos crescimentos.

Secagem: Utilize um microondas; o estragão não perde qualidades a não ser que seque rapidamente.

Congelação: A congelação capta melhor o aroma do que a secagem. Congele em óleos, manteiga ou cubos de gelo.

Vinagre de estragão

Utilizações

Culinária: Utilize estragão fresco em saladas e molhos. Use-o em pratos de carne ou de aves. À exceção de receitas de assados em líquido, como frango em vinho branco, junte o estragão no fim para evitar a produção de um gosto amargo.

Vinagres: Esta erva oferece um aroma invulgar a alcaçuz.

Óleos: Pode aromatizar óleos para usos culinários com estragão, mas é mais vulgar utilizar vinagre.

Livro “Manual prático de plantas e ervas aromáticas” de Miranda Smith

Fotos: Thinkstock e Pixabay

Gostou deste artigo? Subscreva o nosso canal no Youtube e siga-nos no Facebook, no Instagram e no Pinterest.

Poderá Também Gostar