Decoração Jardins

Eugenia myrtifolia: a planta perfeita para sebes

Pormenor das folhas novas

A Eugenia myrtifolia é atualmente a planta mais procurada para formar sebes vivas, sendo também a minha planta de eleição. São diversas as razões para haver esta preferência especial pela eugenia:

  • Planta muito ramificada e compacta constituindo um verdadeiro muro verde;
  • Crescimento fácil de controlar com 2 ou 3 cortes por ano;
  • Arbusto de folha persistente que faz muito pouco lixo;
  • Folhas verdes e brilhantes cujos rebentos novos são coloridos, entre o vermelho e o laranja, podendo adquirir diferentes tonalidades ao longo do ano;
  • Fruto arroxeado, decorativo e comestível;
  • Planta que se consegue comprar facilmente em qualquer Centro de jardinagem com tamanhos que vão desde os 30 cm até aos 2,5 m.

Sebe de 3 metros

 

Espécie

Eugenia myrtifoliaNewport

Origem

É uma espécie originária da Nova Zelândia.

Utilização

É uma planta multifacetada que se enquadra muito bem em diferentes tipos de situações. Pode fazer uma sebe entre 1,5 m e 4 m, é facilmente mantida em vaso, pode ser esculpida em topiária dando-lhe uma forma ou pode simplesmente plantar-se como arbusto isolado e ornamental.

Eugenias em floreiras

Plantação

As Eugenias toleram diferentes exposições solares, desde pleno Sol até meia sombra. Funcionam bem como cortina de vento, mas não gostam de estar diretamente expostas ao ar marítimo. O solo deve estar bem drenado, ter uma boa estrutura e são necessárias regas regulares para manter a humidade no terreno. O compasso de plantação deverá andar entre os 50 cm e 1 m no máximo, se desejarmos uma sebe compacta.

Sebe de Eugenias podadas em cone

Poda

Uma sebe de eugenias é muito fácil de conduzir porque o seu crescimento é pouco vigoroso e muito denso, mantendo-se ramificada desde a sua base. Duas a três podas por ano será o suficiente para a manter a sua forma.

Doenças

Em geral, as plantas são muito menos vulneráveis ao ataque por pragas ou doenças quando se mantém o terreno fértil, arejado, bem drenado e com rega automática. As eugenias, em particular, são muito resistentes, mas nos primeiros anos e nas estações mais quentes é preciso estar atento ao pulgão e à cochonilha.

Para controlar estas pragas devem-se aplicar produtos fitofarmacêuticos logo que se detete a sua presença (para o pulgão pode-se aplicar um qualquer insecticida de contacto e para a cochonilha pode-se aplicar produtos à base de cloropirifos e óleo de verão). Quando a água é muito calcária, as eugenias têm tendência a ficar um pouco amarelas. Nos invernos muito frios e com temperaturas negativas podem ficar queimadas com a geada.

Fruto da Eugenia

Curiosidade

Estes arbustos são muito comuns e espontâneos na Austrália e Nova Zelândia. Os seus frutos são comestíveis e utilizados para fazer doces e geleias.

Fotos: Tiago Veloso

Gostou deste artigo? Subscreva o canal da Jardins no Youtube e siga-nos no Facebook e no Instagram.

Poderá Também Gostar