Plantas Ornamentais

Flores de verão: das hortênsias às petúnias

flores de verão

Hydrangea macrophylla (Thunb.) Ser.

 

Em junho, a chegada do verão é assinalada com os Santos Populares! O calor vem para ficar. Os jardins e ruas são invadidos pelo cheiro de plantas aromáticas e cores de diversas flores. Destacamos a hortênsia, o rosmaninho e a alfazema, a magnólia, a petúnia e a santolina.

Hydrangea macrophylla (Thunb.) Ser.

Hortênsia

Arbusto caducifólio, originário do Extremo Oriente, muito característico na região dos Açores. As suas folhas são simples, apresentam uma inserção oposta, forma oval e margens serradas. Tal como o seu epíteto macrophylla nos indica, as suas folhas são de grandes dimensões. As suas brácteas (folhas modificadas), reunidas em grandes corimbos, inicialmente de cor verde, dão lugar a cores exuberantes que podem variar entre o rosa, o roxo e o azul conforme o pH do solo.

Família: Hydrangeaceae

Altura: 1,2-3 m

Propagação: Por semente ou estaca.

Época de plantação: Primavera e no outono.

Condições de cultivo: Exposição parcial ao sol, resistente à geada, exigente em rega, mas requer solos bem drenados.

Manutenção e curiosidades: Necessita de regas frequentes e abundantes (Hydrangea significa “bebedor de água”) e de uma poda anual. A acidez do solo origina brácteas azuis e a alcalinidade as rosa. Atreita a pragas.

Magnolia grandiflora L.

Magnólia

Árvore perenifólia, de copa ampla, originária da América do Norte. As folhas são simples, de forma elíptica e coriáceas. Na página superior, são de cor verde-lustrosa e na página inferior cinzento-avermelhado. Começam a despontar as suas exuberantes e perfumadas flores brancas de grandes dimensões, que podem atingir os 20 cm de diâmetro. Apesar de o seu fruto se assemelhar a uma pinha, é na realidade um conjunto de folículos agrupados numa estrutura lenhosa.

Família: Magnoliaceae

Altura: 9-25 m

Propagação: Por semente ou estaca.

Época de plantação: Primavera e no outono.

Condições de cultivo: Exposição total ou parcial, muito sensível à geada. Prefere solos com pH neutro ou ácido, bem drenados.
Manutenção e curiosidades: É atreita a pragas, como é o caso das lesmas (primavera), e a doenças, como o oídio, que pode levar à desfolha da árvore. A fragrância da sua flor magnólia é proveniente dos estames e não das pétalas. A casca é utilizada para fins medicinais e para marcenaria.

Petunia x hybrida

Petúnia

É uma herbácea anual originária da América do Sul, mas a maioria das petúnias que se encontram em jardins são híbridas (Petunia x hybrida) . Florescem na primavera e verão e podem apresentar flores de diversas cores: vermelha, azul, rosa, laranja, salmão, púrpura e branca. São utilizadas em bordaduras, maciços, floreiras e cestos suspensos.

Família: Solanaceae

Altura: 15 a 30 cm

Propagação: Por semente em estufa, de janeiro a abril, e deve ser colocada em local definitivo de março a junho.

Época de plantação: Primavera-verão.

Condições de cultivo: Exposição ao sol, locais protegidos do vento, solos bem drenados e férteis. Desenvolvem-se muito e rapidamente. Muito fáceis de cultivar.

Manutenção e curiosidades: Para prolongar a s floração, devem-se cortar as flores velhas.

Santolina chamaecyparissus L. subsp. chamaecyparissus

Santolina

É um subarbusto aromático originário da Região Mediterrânica Central e Ocidental. Folhas acinzentadas a brancas, tomentosas e flores de cor amarela-intensa.

Família: Asteraceae

Altura: 30 cm

Propagação: Estaca.

Época de plantação: Primavera.

Condições de cultivo: Exposição ao sol. E com tolerância à secura. A seguir à floração, devem-se retirar as flores secas e efetuar uma poda em toda a planta.

Manutenção e curiosidades: Existem outras espécies do mesmo género, como é o caso da Santolina rosmarinifolia L. , endemismo lusitano de grande importância e caracteriza-se por apresentar folhas de cor verde e flores de cor amarela.

Lavandula luisieri (Rozeira) RivasMartinez

Rosmaninho

Pequeno arbusto aromático da região mediterrânica, perenifólio, de folhas acinzentadas, que se carateriza pelas flores aromáticas de cor roxa que ocorrem agora. O género Lavandula tem cerca de 30 espécies diferentes, que apresentam geralmente flores de cor roxa, mas também existem algumas espécies de flor branca, como é o caso da Lavandula viridis L’ Hérit (rosmaninho-verde).

Família: Lamiaceae

Altura: 30 a 50 cm

Propagação: Por estaca.

Época de plantação: Primavera-verão.

Condições de cultivo: Precisa de sol e é pouco exigente em água.

Manutenção e curiosidades: Além do interesse ornamental, o cultivo comercial da planta é para a extração de óleos utilizados como antisséptico, em aromaterapia e na indústria de cosméticos.

Fotos: Thinkstock

Com Ana Raquel Cunha

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Poderá Também Gostar