Hortícolas e Frutícolas

Frutos do bosque, uma moda saudável

Os pequenos frutos vermelhos, também chamados frutos do bosque ou silvestres, são um tipo de frutos de pequenas dimensões que antigamente não se cultivavam e que cresciam em árvores ou arbustos silvestres, mas que hoje são cultivados e muito procurados quer por produtores frutícolas quer por particulares.

Hoje em dia, as plantas que estão à nossa disposição são variações das originais, que sofreram melhoramentos no que respeita à dimensão e sabor dos frutos. São frutos pequenos que apresentam cor avermelhada ou negra e apresentam um sabor característico, doce, ácido ou mesmo ligeiramente amargo e/ou adstringente, com valor nutritivo e propriedades medicinais reconhecidas.

O que deve saber para cultivar frutos do bosque

Temperatura

É uma questão muito importante, nomeadamente o frio durante o inverno – muitos dos pequenos frutos vermelhos têm preferência por invernos frios e, se possível, com geadas, muito necessários para que os frutos vinguem, como por exemplo as groselhas e grande parte dos mirtilos.

Exposição solar

Em termos de exposição solar, há que ter alguns cuidados por causa da forte insolação solar de verão que pode provocar o cozimento dos frutos. É frequente os produtores colocarem redes de sombreamento ligeiro durante esse período, principalmente nas culturas da framboesa e amoras, em que os frutos quando ficam “cozidos” apresentam a cor esbranquiçada do lado do sol. Frutos como as amoras, goji e framboesas são menos exigentes em horas de frio; já as amoras, groselhas, mirtilos, uvas-espim, bagas-da-rússia e arónias necessitam de muitas horas de frio e de geadas para produzirem frutos em condições.

Solo e pH

O solo tem um determinado valor de acidez ou alcalinidade que é dado pelo parâmetro pH. É absolutamente imprescindível saber qual o pH do solo onde se irão plantar estas plantas. A maioria dos frutos do bosque tem preferência por solos com pH ácido, na ordem dos 5,6-6.

Como corrigir o pH do solo

De acordo com os valores do pH obtidos, para os retificar de acordo com as necessidades das plantas, deverá escolher os melhores produtos comerciais à disposição, recorrendo ao aconselhamento técnico quanto às quantidades a utilizar:

Acidificar um solo alcalino: Pode recorrer à aplicação de matéria orgânica e incorporação de enxofre.

Subir o pH de um solo demasiado ácido: Pode, por exemplo, recorrer à aplicação de matéria orgânica e calcário.

Plantar em vaso

Se vive numa região onde os solos são muito alcalinos e barrentos para algumas espécies, como framboesas ou mirtilos, o ideal poderá ser a sua plantação em vasos, vasos grandes, pois estas espécies dão-se bem em vasos. É muito difícil baixar o pH nesses solos; quando plantar em vaso, deve utilizar substrato com pH ligeiramente ácido.

Rega

Este é um fator muito importante, pois estas plantas, de um modo geral, precisam de solos húmidos, mas bem drenados, não tolerando períodos de seca, com consequência na perda de frutos ou mesmo morte das plantas. O ideal é ter rega localizada, gota a gota ou microaspersão. Deve impedir que a rega molhe as folhas e troncos das plantas para assim evitar problemas fitossanitários, nomeadamente ataques de fungos.

O que cultivar e como

1- Groselhas

Groselha-vermelha e branca; Nome científico: Ribes rubrum

Groselha-preta; Nome científico: Ribes nigrum

A groselha-preta é também conhecida como cássis. Os frutos das groselhas são ácidos e frequentemente ligeiramente amargos.

Solos: Ácidos com pH 5,5-6 fundos e húmidos.

Características: Arbustos de folha caduca, entre 1,5 e 2,5 metros de altura.

Compasso de plantação: 1,5 metro entre plantas na linha e 3 metros entre linhas de plantação.

2- Uvas-espim

Uva-espim ou uva-do-monte; Nome científico: Ribes grossularia

Solos: Frescos, ligeiramente ácidos com pH 5,5-6.

Características: Arbusto de folha caduca que pode atingir 1-2 metros de altura.

Compasso de plantação: 1,2 metro entre plantas na linha e 2 metros entre linhas de plantação. Existem variedades de cor verde-branca e tinta, ambas com frutos doces e sabor semelhante ao das uvas.

3- Mirtilo

Nome científico: Vaccinium myrtillus

Solos: Ácidos pH 5-6 e com humidade.

Características: Arbusto de folha caduca, atinge 2 a 3 metros de altura consoante as variedades. Os frutos bem maduros são doces. Existe uma variedade com frutos cor-de-rosa.

Compasso de plantação: 1,5 metro entre plantas na linha e 3 metros entre linhas de plantação.

4- Framboesas

Nome científico: Rubus idaeas

Solos: Ácidos pH 5-5,5, com alguma humidade.

Características: Arbusto de folha caduca, tipo trepadeira, atinge 2 a 3 metros de altura consoante as variedades. Necessita de tutoragem para se fixar. Existem inúmeras variedades, incluindo as de cor amarela, que são geralmente mais doces.

Compasso plantação: 0,5 metro entre plantas na linha e 2,5-3 metros entre linhas de plantação;

5- Amoras-silvestres

Nome científico: Rubus fruticosus

Solos: Toleram todo o tipo de solos, mas gostam de humidade.

Características: Arbusto de folha caduca, tipo trepadeira, que pode atingir 3 a 4 metros de altura consoante as variedades. Necessita de tutoragem para se fixar. Existem variedades de caule liso sem picos.

Compasso plantação: 2 metros entre plantas na linha e 2,5-3 metros entre linhas de plantação.

6- Arónias

Nome científico: Aronia sp.

Em inglês: Chokeberry

Solos: Encontram-se em bosques húmidos e pantanosos.

Características: Arbusto de folha caduca que atinge 3 a 4 metros de altura consoante as variedades. São cultivadas como plantas ornamentais, porque os seus frutos podem ser desidratados ou usados para fazer geleia, xarope, sumo, chás e tinturas.

Compasso plantação: 2 metros entre plantas na linha e 2,5-3 metros entre linhas de plantação.

7- Goji

Nome científico: Lycium barbarum

Solos: Ligeiramente alcalinos.

Características: Arbusto, tipo trepadeira,  de folha caduca que pode atingir uma altura entre 1 e 3 metros. Necessita de tutoragem para se fixar. Existem atualmente variedades de bagas vermelhas ou amarelas. Algumas têm bagas doces, mas de um modo geral são ligeiramente amargas.

Compasso plantação: 2 metros entre plantas na linha e 2,5-3 metros entre linhas  de plantação.

8- Bagas-da-Rússia

Nome científico: Lonicera caerul var. Kamtschtica

Em inglês: honeysuckle

Solos: Húmidos e ligeiramente pesados. pH ótimo 5,5-6,5, mas tolera pH 3,9-7,7.

Características: Trata-se de pequenos arbustos de folha caduca, com altura entre 1,5 e 2 metros. Os seus frutos são doces.

Compasso de plantação: 1,5 metros entre plantas na linha e 3 metros entre linhas de plantação.

Dica para medir o pH do seu solo

Pode comprar um medidor de pH nas lojas de jardinagem ou de produtos agrícolas ou fitas medidoras de pH para piscinas ou aquários. Recolhe um pouco de solo, coloca num recipiente, rega com a água que habitualmente utiliza para regar, espera meia hora e coloca a fita e faz a leitura, abaixo do 7 tem um pH ácido , acima do 7 tem um pH alcalino.

Fotos: Thinkstock

Gostou deste artigo? Subscreva o canal da Jardins no Youtube e siga-nos no Facebook e no Instagram.

Poderá Também Gostar