Passo a Passo

Guia completo: tratar das plantas em agosto (parte I)

Durante o verão, as suas plantas necessitam de cuidados específicos que variam consoante sejam plantas de interior, árvores, plantas com flor, hortícolas… Neste guia completo, dividido em duas partes, explicamos que tarefas deve dedicar às suas plantas em agosto.

Flores

Podar rosas murchas

Estimule uma segunda floração de rosas, eliminando as murchas quando as pétalas começarem a cair. Não toque nas variedades com frutos decorativos.

Leia também: Cuidados a ter com as rosas no verão

Plantar bolbos

Já pode comprar bolbos de flores outonais e plantar em solos com boa drenagem.

Poupe água

Reduzir o consumo de água é uma prioridade para todos. Para isso, aplique coberturas, instale sistemas gota-a-gota e utilize espécies rasteiras.

Adubar solos podres

As regas deixam o solo muito empobrecido. Por isso, deve adubar, sobretudo as rosas.

Tratar o oídio

Se o oídio cobre as vegetações, evite regar por aspersão e assegure-se que o solo filtra adequadamente a água. Aplique anti-oídio. Leia este artigo para saber como fazer o seu.

Pode as trepadeiras com cuidado

Por vezes, um simples gesto com os dedos é suficiente para retirar uma flor murcha. Com as plantas trepadeiras, a operação complica-se quando além das flores é também necessário eliminar ramos mortos. Entre o emaranhado de ramos, com um pouco de paciência, encontre a parte saudável do ramo e faça aí o corte com a tesoura de podar. Tenha cuidado para não provocar danos no resto da planta.

Leia: Cuidados básicos a ter com as trepadeiras

Rejuvenesça as plantas velhas

Dividir as plantas, além de constituir um bom método de obtenção de novos exemplares, rejuvenesce e devolve o vigor aos velhos, porque as partes não produtivas são eliminadas. Saiba como fazer esta operação.

  1. Para tirar a planta introduza a forquilha na parte lateral. Não toque nas raízes.
  2. Sacuda o rizoma e faça fragmentos. Tire as partes velhas e a zona aérea.
  3. Reduza as folhas para favorecer o enraizamento e volte a plantar cada pedaço separadamente.
Segredos de uma divisão correcta

Desde que não esteja um calor insuportável, pode dividir sem problemas muitas espécies que agora desenvolvem novas raízes. Dispor de mais raízes que rebentos em cada fragmento, eliminar o excesso de folhas e manter as novas plantas húmidas e protegidas até ficarem estabelecidas, são as chaves do êxito.

Leia também: Divida as plantas e poupe dinheiro

Plante entre as fendas do muro

Os muros de pedra sem cimento também podem ser locais de plantação. Aproveite as fendas que se formam entre as pedras para decorrar com plantas pendentes. Utilize pequenas estacas enraizadas que pode introduzir facilmente nas fendas.

  1. Com a pá retire um pouco de terra da fenda e introduza uma mistura de três partes de terra negra, duas de substrato turfoso e uma de areia.
  2. Introduza a planta na fenda fazendo deslizar as raízes com um palito. Reencha, pressione com os dedos e regue por cima.

Árvores e arbustos

Romãnzeira.

Beleza em solos secos

Por mais que custe a crer, existem plantas que ficam impassíveis perante os calores mais fortes, como a romãnzeira. Instale romãnzeiras em solos pobres e quando as raízes penetrarem profundamente quase não é preciso regar.

Plantar folha perene

A partir da segunda quinzena deste mês, coloque as espécies perenifólias.

Regar pela tarde

Se tem rega automática, programe o equipamento para funcionar duas vezes ao dia. Regue de preferência o mais tarde possível com mangueira.

Adubar

Quando a cobertura que colocou no início do mês começar a clarear, aplique matéria orgânica. Deixe de adubar no final do mês.

Podar mais alto

Corte as sebes de folha perene cada vez mais alto até ao final do mês. Alinhe as sebes que têm frutos decorativos por cima das frutificações.

Tratar a cochonilha

Espécies de climas quentes, como a adelfa ou o loureiro, este mês podem ser afectados por cochonilhas. Ataque com insecticida e depois lave bem as folhas.

Ramos incómodos? Acabe com eles

Elimine tudo o que se torna feio nos exemplares de folha caduca. Inclusive os ramos baixos que estorvam a passagem. Agora, que perderam as folhas, pode avaliar melhor se necessitam retoques. Corte por partes, primeiro a um metro do extremo e assim sucessivamente. Não corte junto ao tronco porque não cicatriza.

O que fazer com as flores murchas?

A budleia tem estado espectacular desde o início do verão mas agora que está a murchar, o que fazer? Conheça as opções válidas.

  1. Corte os ramos florescidos até à madeira forte e elimine um terço dos velhos. Pode os ramos doentes, estragados ou debilitados.
  2. Aproveite a poda para fazer estacas dos ramos jovens da estação em curso. Antes de plantar, unte os ramos em hormonas.
  3. Se deixar as flores no arbusto, formam sementes que pode recolher. Guarde as sementes protegidas até à altura da sementeira, na Primavera.

Plantas de interior

Plantar bienais

Semeie as plantas bienais que pretender para garantir cor no terraço no próximo Inverno.

Regar de manhã

As plantas do terraço necessitam água com frequência. Regue de manhã cedo ou ao final do dia. As plantas de casa devem ser borrifadas periodicamente.

Adubar as folhas

Se encontrar raízes estragadas, utilize adubo foliar. Aplique a última dose da época às plantas que se encontram a passar o Verão no terraço.

Podar para manter

Faça desbastes nas espécies que pretende que conservem a forma compacta. Corte também as plantas pendentes que cresceram demasiado.

Leia também: 5 plantas que purificam a casa

Se as suas plantas estão em…

…Interior quente

O renovo aéreo é indicado para reproduzir ficus, chefleras e filodendros, entre outras.

…Interior fresco

Limpe o pó às plantas de interior com um pano húmido.

…Pátio

Em locais mal ventilados, a cochonilha algodonosa é muito prejudicial. Como forma de prevenção borrife com água e assegure-se que as plantas não recebem muito sol.

Cuidados depois do transplante

Os primeiros dias após a mudança de vaso são delicados para a planta, que necessita mais cuidados para poder emitir novas raízes. O segredo está em dosear muito bem as regas e a luminosidade, de forma a evitar o Sol ou luz muito forte. Não adube antes de 4 a 6 semanas.

Tarefas para prolongar a cor

Os mesmos sistemas de refrigeração que utilizamos para mitigar os efeitos do calor (sombra e água) são excelentes para as plantas, sobretudo no terraço. No entanto, pode ainda proporcionar cuidados acrescidos para prolongar a cor.

  1. Munido de uma pequena ferramenta, retire a crosta superficial do substrato.
  2. Periodicamente, retire as folhas amarelas ou secas, assim como as flores murchas.
  3. Pode os ramos em um terço ou mais, após a floração.

Auto-rega para ausências

As plantas em vasos numa bandeja com gravilha molhada aguentam poucos dias. Em caso de ausência prolongada, por motivo de férias, por exemplo, convém adquirir um sistema de auto-rega que garanta o abastecimento de água até seis semanas. Saiba como garantir que as plantas não morrem quando vai de férias neste artigo.

Fetos frescos

Entre as fendas ou juntas do pavimento podem crescer daninhas e nos muros, além das infestantes, algas caso a humidade seja elevada. Combata rápida e eficazmente como lhe indicamos.

  1. Vaporize, no máximo de dois em dois dias, ou fomente a humidade em redor, agrupando vários exemplares.
  2. Não a exponha a correntes de ar, sobretudo em ambientes quentes e desidratados.

Na parte II deste guia: tarefas de agosto para dedicar a hortícolas e frutos. Leia aqui.

Fotos: Thinkstock

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Poderá Também Gostar