Plantas

Guia de manutenção do loendro

Loendro

Poucos são os cuidados que necessita esta bonita arbustiva mediterrânica para oferecer flores espetaculares entre o final da primavera até meados do outono, embora prefira os climas temperados e as zonas junto ao mar, onde podem ficar no exterior todo o ano. Também pode ser cultivada em regiões interiores, desde que protegida das geadas invernais e das altas temperaturas.

Os seus exemplares, muito vigorosos, podem alcançar entre 4 e 6 metros de altura e as suas flores, simples, semiduplas ou duplas, perfumadas ou sem perfume, podem encontrar-se numa ampla  gama de cores, desde o branco ao vermelho, passando pelo creme, amarelo ou salmão. Esta espécie de folhas coriáceas e em forma de lança compreende cerca de 400 variedades.

No jardim pode estar como exemplar isolado, em grupos ou combinada com outras plantas e dá excelentes resultados na formação de sebes pois a sua tolerância ao vento faz o loendro uma cortina vegetal excecional. Também se adapta bem ao cultivo em vasos, uma boa solução face às mudanças bruscas da temperatura, porque permite ser trasladada para o interior em caso de necessidade.

Guia de manutenção

Localização

Sol pleno. Necessita de local aberto e com muita luz para oferecer  floração espectacular, porque em sítios pouco iluminados as cores das flores e a própria planta acabam por ficar debilitadas. Resiste bem aos raios directos do Sol e embora a temperatura ideal esteja entre os 15 e 25ºC, tolera alguma seca.

Plantação

Na primavera. Semeie na primavera, com temperaturas entre os 18 e 20ºC. Coloque as sementes em recipientes com substrato turfoso e ligeiro, coberto com papel de jornal ou vidro e transplante para vasos quando as plantações alcançarem entre 6 a 8 cm.

Terreno

Permeável e drenado. Não é muito exigente quanto ao solo, embora o prefira fértil, permeável e bem drenado. Antes de plantar, enriqueça o solo com turfa ou estrume.

Rega

Abudante no verão. Embora tolere bastante bem a seca, nos dias mais quentes e durante o desenvolvimento agradece humidade ligeira mas constante. Regue mais quanto ais elevada for a temperatura: no verão, de dois em dois dias e no inverno uma vez de 15 em 15 dias.

Multiplicação

Estacaria. Embora tolere bastante bem a seca, nos dias mais quentes e durante o desenvolvimento agradece humidade ligeira mas constante. Regue mais quanto ais elevada for a temperatura: no verão, de dois em dois dias e no inverno uma vez de 15 em 15 dias.

Outros cuidados

Adubo e poda. Se o loendro revelar folhas amarelas ou crescimento raquítico no verão; ou se pretende alargar a floração, junte à água da rega adubo de libertação lenta. Pode depois da floração, suprimindo os rebentos débeis e cortando até à base os ramos mais velhos. Corte os ramos florescidos até uma gema grande para que voltem a brotar no ano seguinte e elimine regularmente as flores murchas. Em zonas de invernos frios, proteja das geadas.

Fotos: Pixabay

Gostou deste artigo? Subscreva o canal da Jardins no Youtube e siga-nos no Facebook e no Instagram.

Poderá Também Gostar