Manutenção Geral

Guia para fazer compostagem

Para quem quer ter uma horta biológica, é essencial fazer compostagem. Este processo natural consiste na decomposição da matéria orgânica (restos de folhas, comida, madeira triturada, etc.) que, depois de decomposta, origina um produto a que normalmente se chama composto. Este é muito rico em nutrientes e matéria orgânica e pode ser utilizado como substrato e fertilizante orgânico.

Porquê fazer compostagem?

São muitas as razões para produzir composto e utilizá-lo na horta:

  • Estimula o crescimento das raízes
  • Aumenta a capacidade de infiltração da água no solo
  • Mantém a temperatura e o pH do solo
  • Ativa a vida dos bons microorganismos do solo
  • Reduz o aparecimento de infestantes
  • Reduz a utilização de herbicidas
  • É amigo do ambiente, pois recicla residuos orgânicos

Como fazer composto

Materiais

Antes de começar o processo de compostagem, precisa de alguns materiais essenciais. O mais importante é um compostor, o recipiente onde o material orgânico se vai decompor. Pode comprá-lo ou construí-lo. Se escolher a segunda opção, lembre-se de que o tamanho deve ser de 0,5m3 (500l) para dar para o composto do ano inteiro.

Depois, vai precisar de materiais biodegradáveis para colocar no compostor. Existem dois tipos:

  • Material castanho (ramos, folhas, flores e plantas secas, madeira triturada, palha).
  • Material verde (restos de comida, vegetais, fruta fresca, restos de plantas verdes).

Tenha em atenção que há materiais que não pode utilizar para fazer compostagem: carne, peixe, ovos e dejetos de animais.

Os restos de poda das árvores e dos arbustos do jardim são uma ótima adição ao compostor, mas por vezes são muito grossos para se decomporem com a rapidez necessária. Assim, pode ser bastante útil ter um triturador doméstico para lhe facilitar a tarefa.

Veja o vídeo: Como fazer compostagem

Procedimentos

Coloque o material biodegradável no compostor. Tenha o cuidado de alternar as camadas de resíduos verdes com as camadas de resíduos castanhos. A última camada de todas, que fica no topo, deve ser de resíduos castanhos para disfarçar os odores do material verde.

Cada vez que coloca uma camada deve regar e revirar o composto; quanto mais revirar, maior será a oxigenação e mais rápida a formação do composto.

O produto final – o composto – deverá estar pronto a ser utilizado em 6-12 meses. Para acelerar o processo, pode recorrer ao uso de minhocas (minhocultura). O composto vai ter um aspeto de terra escura.

Depois de ser retirado, deve estar duas a três semanas em repouso antes de ser utilizado. Tenha em mente que uma pilha de composto nunca deve ter menos do que um metro nem mais de três metros de altura.

Está pronto para começar a compostar?

Fotos: Thinkstock

Powered by STIHL

Poderá Também Gostar