Plantas e Flores

Hostas, amigas da sombra

Jardinar um canteiro de sombra não tem que ser uma tarefa impossível! Apesar do desafio, a falta de sol pode resultar num jardim atraente, útil e relaxante. A dificuldade dos jardins de sombra está na escolha das plantas certas. Existem muitas plantas que preferem sombra ao sol, mas há uma especial que ganhou lugar no meu coração: as Hostas. Estas plantas perenes, originárias da China e do Japão, chegaram à Europa em meados de 1700.

Os especialistas acreditam que esta é uma espécie muito recente, pois ainda não foi encontrado nenhum fóssil desta planta. No entanto, existem hoje cerca de 40 espécies de Hosta, com mais de 3.000 variedades disponíveis, que permitem um enorme mostruário de possibilidades morfológicas e adaptativas.

A grande diversidade de Hostas

Com uma floração simples mas elegante, são as suas folhas que tornam esta planta atractiva, conquistando cada vez mais apreciadores. Largas e luxuosas, geralmente com um aspeto mate, as hostas parecem nascidas numa floresta primitiva. E enquanto a maioria das perenes têm flores com aspeto “olhem-mas-não-me-toquem”, as flores das hostas surgem robustas no meio das suas folhas, transformando qualquer espaço num relaxante oásis! Existe tanta variedade na forma e cor das suas folhas, que poderíamos dedicar um jardim inteiro apenas a hostas! Do verde ao amarelo, ao cinzento, ou até mesmo ao azul, uma das cores mais difíceis de encontrar na folhagem das plantas, as hostas são verdadeiras estrelas no mundo das folhas! Algumas apresentam-se variegadas, numa mistura perfeita de amarelo e verde ou branco e verde.

As hostas com folhagem escura preferem sombra densa, para tornar as suas cores ainda mais intensas, uma vez que quando expostas ao sol, a sua cor tende a desaparecer. As hostas de folha amarela, ou variegadas, não atingem o máximo do tom dourado sem receberem um pouco de sol. O tamanho médio das hostas é de 30 a 40 cm, mas existem hostas miniatura que não crescem mais de 15cm, ideais para bordadura ou para quando precisa de preencher aquele pequeno espaço no seu jardim. Existem ainda as hostas gigantes que podem crescer até 1.10m de altura. A H. Gentle Giant e a H. Empress Wu são duas das maiores variedades que podem encontrar. Estas plantas criam um verdadeiro statement de cor e textura no seu jardim capaz de soltar um entusiasmado “UAU!” aos seus vizinhos.

hostas

Rebentação de hostas no jardim na primavera

Cuidados de manutenção

Além da sua infinita beleza, as hostas são muito fáceis de tratar. Prosperam facilmente em qualquer canteiro e funcionam como uma boa cobertura de solo. Uma vez que estas plantas preferem a sombra, os gastos com água são muito menores pois as perdas por evapotranspiração também são menores, diminuindo assim as necessidades de rega.

Como são perenes, as hostas entram em período de dormência, chegando mesmo desaparecer durante os meses de inverno. Se o frio apertar não se preocupe, as hostas precisam de 600 a 700 horas de baixas temperaturas para emergirem ainda mais frondosas no ano seguinte. E quando chegar a primavera, à medida que o sol aquece, os gomos adormecidos das hostas começam a inchar e a furar o solo, como verdadeiras “balas” a atravessar o chão. Esta é também uma das minhas épocas preferidas, pois fico ansiosa por poder apreciar as rebentações novas das folhas, em forma de “charuto”, a emergir espalhadas no meu jardim, e a criar novas cores e contrastes para a nova época. Devido à intensa pesquisa, todos os anos surgem novas variedades de hostas.

Um dos seus maiores produtores encontra-se nos EUA, e é mesmo conhecido por “Homem das Hostas”. Para Rob Mortko, a paixão por estas plantas surgiu em 1985 quando sentiu necessidade de aprender a jardinar em zonas de sombra, pois a sua casa possuía uma enorme área arborizada. Percorreu um longo caminho até 2000, ano em que abriu o seu jardim ao público pela primeira vez. Este interesse nas hostas tornou-se rapidamente no seu negócio familiar, onde vende mais de 400 variedades, incluindo a H. Heart and Soul, variedade desenvolvida e registada por Rob. Ao comprarem hostas, os clientes ganham uma visita guiada ao seu jardim para contemplarem as plantas em estado adulto. E quando perguntam a Rob, qual a hosta que ele mais recomendaria, rapidamente responde “TODAS!”.

Fotos: Thinkstock

Leia também: Dicas para plantas à sombra

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Poderá Também Gostar