Atualidade

Maio em flor: o que está bonito

Chegou o mês onde a flor do jacarandá é a rainha! Em Lisboa podemos encontrá-los no Parque Eduardo VII, no Jardim Botânico da Ajuda e no Príncipe Real, em arruamentos como no Largo do Carmo e nas Avenidas 5 de Outubro e D. Carlos I. A acompanhar estas flores roxas destacamos as flores da buganvília, da verónica, da silindra e da romãzeira-de-jardim.

maio em flor

Punica granatum L. (romãzeira-de-jardim)

Arbusto caduco originário do SE da Europa até ao Himalaia. Carateriza-se pela flor encarnada/laranja, que ocorre de maio a junho, e pelo seu fruto comestível, a romã. É muito utilizada como ornamental nos jardins principalmente as suas cultivares, como por exemplo: Punica granatum cv. “Albo-plena” (flor cor branca); Punica granatum cv.Flore Pleno Rubro” (flores dobradas de cor encarnada/ aranja); Punica granatum cv.Legrelleae” (flores dobradas listadas de cor encarnada e branca).

Família: Lythraceae.

Altura: Até 4 metros.

Propagação: Por semente.

Condições de cultivo: Prefere sol, solo profundo e fértil. Suporta a exposição a ventos e ao ar do mar. Manutenção e curiosidades: Deve ser regada nos primeiros anos, quando o solo está muito seco, e deve-se fazer uma adubação anual na primavera.

Bougainvillea spp. (buganvília, flor-de-papel)

Arbusto trepador, espinhoso, perene, nativo da América do Sul. Cultivada pela exuberância das suas brácteas (podem ser rosa, encarnada, creme, alaranjada ou arroxeada), que são folhas modifi cadas que atraem os insetos para a polinização e protegem as infl orescências que são de cor branca.

Família: Nyctaginaceae

Altura: Até 10 metros

Propagação: Por semente, estaca lenhosa ou alporquia.

Época de plantação: Qualquer época, exceto nos meses de verão.

Condições de cultivo: Pleno sol. Adaptam-se a qualquer tipo de solo e de pH, preferem solos profundos e bem drenados. Gostam de climas quentes e áridos, são sensíveis às baixas temperaturas.

Manutenção e curiosidades: Necessita regas regulares durante a primavera e verão. Para manter a forma, estimular a floração e renovar a folhagem, requer podas anuais. É resistente a doenças e pragas.

maio em flor

Hebe x andersonii (Lindl. & J. Paxton) Cockayne (verónica)

Arbusto perenifólio, denso e ramificado, nativo da Nova Zelândia e América do Sul. Tem uma exuberante floração roxa desde o início da primavera até ao outono.

Família: Plantaginaceae

Altura: 0,9-2 m

Propagação: Por semente ou por estaca no final do verão ou outono.

Época de plantação: Qualquer altura do ano.

Condições de cultivo: Locais abrigados e com exposição ao sol, toleram bem a sombra parcial. Cresce bem em todos os tipos de solos.

Manutenção e curiosidades: Não tolera o encharcamento do solo. Quando expostas a grandes níveis de humidade ficam atreitas a presença de afídios e de míldio. Deve ser podada depois da época de floração para manter a forma. São utilizadas em taludes, jardins costeiros, em rock gardens ou simplesmente em vasos.

jacarandá

Jacaranda mimosifolia D. Don (jacarandá)

Árvore caducifólia, originária das regiões secas da América do Sul. As suas folhas são compostas, bipinuladas, de cor verde-escura. As suas flores roxas que se assemelham a pequenos sinos, agrupam-se em panículas piramidais, que podem chegar a reunir mais de 50 flores. A época de floração é durante os meses de maio e julho, as primeiras flores nascem antes das folhas.

Família: Bignoniaceae

Altura: Superior a 10 metros

Propagação: Por semente ou por estaca.

Época de plantação: Início primavera; início do outono

Condições de cultivo: Necessita de solos férteis, bem drenados e expostos ao sol.

Manutenção e curiosidades: Espécie de crescimento rápido e de fácil manutenção. A rega em excesso pode levar a que as folhas fiquem com um tom amarelado. É muito utilizada como árvore de alinhamento. A madeira é apreciada para carpintaria e marcenaria. É uma espécie suscetível aos ácaros (praga).

Philadelphus coronarius L. (silindra)

Arbusto de folha caduca originário do SE Europa (Norte e Centro de Itália), Áustria, Roménia e Cáucaso e naturalizado noutros locais. É um arbusto que se destaca pela sua flor branca (com diâmetro de 3 cm) simples (com quatro pétalas) e agrupada em grupos. Muito aromática, a sua época de floração é de maio a junho.

Família: Hydrangeaceae

Altura: 2 a 3 metros

Propagação: Multiplicação por estacas na primavera.

Época de plantação: Outono

Condições de cultivo: Prefere sol e meia-sombra; resiste às baixas temperaturas; precisa de solos bem drenados; deve ser podada depois da primavera; não é muito exigente em rega.

Manutenção e curiosidades: Espécie de fácil manutenção e pode ser utilizado como arbusto isolado ou em maciço.

Fotos: Thinkstock

Com Ana Luísa Soares

 

Poderá Também Gostar