Equipamento e Vestuário

Máquinas a bateria, o futuro da jardinagem

máquinas a bateria

As máquinas a bateria são uma tendência cada vez maior na jardinagem. Foto: Thomas Kettner/STIHL

 

Dentro de três a oito anos, cinco em cada dez máquinas de jardinagem vendidas serão a bateria. O motivo? Não só têm inúmeras vantagens para o utilizador, como também são mais ecológicas do que as tradicionais. A transição de gasóleo ou gasolina para baterias é, na verdade, uma tendência transversal. Exemplo é o governo alemão, que decretou que a partir de 2030 não se podem vender carros que sejam 100% a gasóleo ou a gasolina.

A popularidade crescente das máquinas a bateria resulta ainda do facto de a jardinagem e o Faça-Você-Mesmo serem uma tendência global. Assim, há cada vez mais amadores, “novos rurais”, que estão a descobrir os encantos de cultivar e tratar do jardim. As máquinas a bateria são ideais para este tipo de utilizadores, pois são muito fáceis de manusear.

Vantagens das máquinas a bateria

  • Mais fáceis de manusear (não há necessidade de puxões de corda para pôr a trabalhar e não há cabos a atrapalhar)
  • Mais leves
  • Mais rentáveis
  • Mais silenciosas e menos vibratórias
  • Menos manutenção
  • Mais ecológicas, pois não emitem Co2 para atmosfera
  • Podem ter sistemas combinados, ou seja: máquinas diferentes têm a mesma bateria e o mesmo carregador
  • Do primeiro ao último minuto de utilização a força é sempre a mesma
  • Equilíbrio perfeito: tem sempre o mesmo peso, ao contrário da gasolina que vai variando consoante o depósito vai esvaziando.
  • Poupa dinheiro no futuro

Foto: Thomas Kettner/STIHL

 

Uma solução económica

Este é talvez dos pontos mais importantes. Embora o equipamento a bateria seja mais caro, uma vez que tem de se comprar o carregador e bateria (que se pode partilhar com outras máquinas), esta diferença de valor rapidamente se amortiza pois não tem que se comprar combustível nunca e a manutenção é muito menor (ou quase nenhuma) face à de uma máquina a combustível.

Tipo de bateria e autonomia

A autonomia de uma máquina a gasolina não é maior do que a de uma a bateria; o abastecimento é que é mais rápido. Para resolver este problema, e se efetivamente pretende trabalhar muitas horas seguidas, convém comprar uma segunda bateria. Assim nunca pára, pois enquanto está a usar uma, carrega a outra.

É importante destacar que a autonomia de cada máquina a bateria é calculada com a bateria carregada a 100%,  utilizando a máquina acelerando a fundo até gastar a totalidade da mesma. Assim, num trabalho real o tempo da autonomia estimado é normalmente multiplicado por dois.

Que tipo de bateria se usa?

São baterias a iões de lítio e que carregam em 35 minutos. Uma das grandes vantagens deste tipo de bateria é que “não vicia”, ou seja: não é preciso carregar até ao final e deixar descarregar totalmente.

Cuidados a ter

Os maiores inimigos das máquinas a bateria são o frio e o calor extremos. Abaixo dos -10 ºC e acima dos +50ºC, a bateria pode ter problemas. Estas baterias têm uma luz led que avisa quando a bateria está em risco por causa das temperaturas extremas.

Para proteger as máquinas a bateria deve ter os seguintes cuidados:
  • Protegê-las de calor, fogo, frio e luz direta
  • Manter o carregador limpo
  • Armazená-las em local seco
  • Se trabalhar à chuva, no final tenha o cuidado de limpar a máquina com um pano seco para retirar toda a humidade
  • Não utilizar carregadores que não sejam originais da marca
  • Não armazenar a bateria vazia nem com a carga completa, o ideal é deixá-la com cerca de 30%

Produtos em destaque

Neste momento já existem todo o tipo de máquinas a bateria, corta-sebes, sopradores, roçadoras, motosserras, corta-relvas, podadora de altura, foices, tesoura de poda para vinha, varredora, etc. A STIHL é uma das marcas que tem apostado fortemente na produção de máquinas a bateria, que comercializa em gamas diferentes, adaptadas às necessidades de amadores e de profissionais.

Veja o vídeo: Podar, topiar e aparar relva

máquinas a bateria

Podador de sebes

Silencioso, ligeiro e de potência elevada. São apenas algumas das caraterísticas deste podador de sebes para amadores. Utilize-o para o corte de sebes e arbustos à volta de casa. Com bateria AK 10 e carregador AL 101. Saiba mais aqui.

Cortador de relva compacto

Tem um jardim até 300m²? Então este corta-relvas é ideal para si. Sem cabos e compacto, este modelo contorna facilmente os obstáculos. E, graças ao seu acionamento direto e ao modo ECO automático, diminui-se o consumo de energia. Descubra mais.

Motosserra

Uma motosserra a bateria (da gama de amadores) para o seu jardim, para cortar lenha ou para cuidado de parcelas. É silenciosa, sem requerer proteção dos ouvido, tem boa potência, tensor rápido de corrente e um travão Quickstop Super. Fique a conhecer as outras funcionalidades aqui.

Aparador

Também para jardineiros amadores, este aparador a bateria é uma boa opção para aparar a relva do seu jardim ou para trabalhos de recorte. Silencioso e potente. Conheça-o melhor.

Podadora de altura profissional

Indicada para podas em alturas, é leve e robusta, silenciosa e pouco vibratória – excelente para usar em zonas urbanas. Tem haste telescópica, corrente de serra de 1/4″ PM3 e comprimento total entre 270 e 390 cm. Saiba mais aqui.

Soprador a bateria profissional

Silencioso e potente, destina-se sobretudo a profissionais. Especialmente útil para aqueles que trabalham em lugares sensíveis ao ruído. Bocal circular, pega de 2 componentes revestida a borracha, três níveis de potência com função Boost, comprimento do tubo de sopro ajustável, argolas para suporte de arnês, peso 2,5 kg. Curioso? Descubra mais.

Ficou interessado nas máquinas a bateria para o jardim? Explore o site da STIHL e descubra este mundo.

Powered by STIHL

Poderá Também Gostar