Passo a Passo

Multiplicar flores com estacas

Quando se pretende muitas plantas, preparar estacas é o método de propagação mais seguro. Apenas necessita de pequenos fragmentos da planta original.

A melhor época

Existem plantas a partir das quais pode obter estacas praticamente em qualquer época do ano, exceto quando se encontram a emitir flores. Mas nas que descansam no Inverno, as estacas devem ser recolhidas no início da estação de crescimento para que tenham tempo de formar um bom sistema de raízes que sobreviva até ao seguinte período de latência. Pode obter estacas em grande número de árvores, arbustos, espécies de flor e inclusive de plantas de interior.

Para ter sucesso

Sempre que possível, obtenha estacas dos rebentos jovens mais vigorosos, de preferência sem flor e saudáveis, sem pragas, pois as doenças ou pragas transmitem-se à estaca. Nos meses antecedentes não adube a planta com produtos azotados porque dificulta o enraizamento. Horas antes da operação, regue bem para que o tecido fique turgente, sobretudo se vai optar por estacas foliares. O comprimento médio oscila entre 6 e 10 cm. Depois de cortar, aplique na zona retirada hormonas de enraizamento para acelerar a produção de raízes.

Precauções

A boa higiene do material de propagação e dos utensílios que utilizar ajuda a conseguir bons resultados. Mesmo assim, o substrato onde vai introduzir as estacas deve estar esterilizado e reter a água suficiente mas ao mesmo tempo permitindo que filtre bem. Plante de imediato. Se não for possível, guarde as estacas em terra húmida ou envolvidos num pano molhado coberto por plástico.

Primeiros cuidados

Mantenha as estacas a resguardo do Sol e perfeitamente hidratadas, sobretudo as mais tenras (da parte superior do ramo) para não perderem turgência. Neste sentido, ofereça-lhe uma zona de crescimento húmida e protegida e pulverize de vez em quando. Se, além disto, proporcionar calor de fundo, por exemplo através de um propagador ou bandeja de cultivo, emitirão raízes muito antes. Verifique periodicamente se existem sinais de ataque de pragas, como pulgões ou ácaros. De forma preventiva contra podridões, aplique todas as semanas fungicida polivalente.

Corte, plante e proteja

  1. Corte de forma limpa rebentos novos e elimine as folhas inferiores. O corte deve ser recto e por baixo de um nó, com entre 5 a 10 cm.

2. Trate a base da estaca com um preparado comercial estimulador de raízes e plante num vaso com substrato para multiplicações.

3. Coloque a estaca à sombra num propagador com plástico por cima e mantenha a rega. Depois de enraizar, transplante para um vaso.

Estas plantas não falham:

Gerânio

As suas flores em raminhos de cores vivas invadem no Verão os vasos dos jardins de clima quente. Para manter de ano para ano, pode cortar estacas e tirar a planta mãe. Faça a operação no Verão, a partir das extremidades dos ramos jovens.

Flox

As suas grandes raízes são excelentes para fazer estacas. Corte no Outono, desbastando o exemplar e cortando pedaços com 2,5 cm. Coloque-os sobre uma bandeja até criarem raízes.

Adelfa

Para obter uma planta com flores em dois anos, enraíze estacas com 8 cm em vasos, em ambiente húmido. Também pode colocar a enraizar em água.

Hortênsia

As suas flores são rosadas ou azuis segundo a concentração de alumínio que exista no solo. No início da Primavera, corte rebentos sem flor com 10 cm com dois ou três pares de folhas.

Rosa

As estacas de ramos adultos dão grande resultado com as rosas de pátio e miniatura. Coloque-as no jardim, sem meia sombra, sem faltar rega.

Ilustrações:  Stefanie Saile

Foto: Thinkstock

Gostou deste artigo? Subscreva o nosso canal no Youtube e siga-nos no Facebook, no Instagram e no Pinterest.

Poderá Também Gostar