Aromáticas e Medicinais

Os benefícios da hortelã para a saúde

hortelã-pimenta

A hortelã passa muitas vezes despercebida, relegada a um papel menor na nossa alimentação. No entanto, esta pequena planta aromática tem várias propriedades terapêuticas que vale a pena conhecer – e aproveitar.

É antioxidante

São vários os estudos que demonstram as propriedades antioxidantes da hortelã. A Mentha x piperita (hortelã-pimenta), segundo um estudo de 2010, tem um conteúdo elevado de compostos fenólicos, sendo uma fonte de antioxidantes promissora tanto a nível nutricional como para uso em preservação de alimentos.

Pode ajudar a combater a queda de cabelo

Um estudo comparou os efeitos de uma solução de 3% de óleo de hortelã-pimenta, diluído em óleo de jojoba, com minoxidil a 3%, óleo de jojoba e solução salina em ratos. Os resultados demonstraram que o óleo de hortelã-pimenta originou mais crescimento de cabelo do que qualquer outra das soluções.

Mentha longifolia.

É anti-microbiótica

A espécie Mentha longifolia (menta-silvestre) tem propriedades anti-microbióticas, especialmente o óleo essencial, segundo este estudo. Assim, pode ser auxiliar no tratamento de dores e irritações da garganta e da boca. Outras espécies de menta, como a Mentha piperita, demonstram também efeitos anti-microbióticos.

É analgésica

Em 2003, cientistas espanhóis analisaram a espécie Mentha suaveolens Ehrh (hortelã-brava) e descobriram que o extrato da planta, quando administrado a ratos em laboratório, tinha um efeito analgésico nos mesmos, além de um efeito anti-inflamatório.

Fotos: Thinkstock, Pixabay

Siga-nos no Facebook e no Instagram.

Poderá Também Gostar