Plantas Ornamentais

Plantas exóticas para dar nova vida ao jardim

Em jardins em espaços confinados, varandas, terraços ou mesmo em casa, as plantas exóticas (espécies não originárias de determinada zona e que nunca ocorreram naturalmente na mesma) são uma mais-valia. São bonitas, estão adaptadas às nossas condições e podem ser a solução para muitos espaços.

As plantas exóticas acompanham-nos há muitos séculos e tornam os nossos espaços verdes ainda mais bonitos. O que seria de Lisboa sem os jacarandás em flor ? O que seria dos jardins do Minho ou dos Açores sem camélias ou azáleas?

O hibisco, flor nacional do Havai, o  berberis e a fotinia, que animam os jardins com a sua coloração vermelha, ou a a herbácea anual Cosmos, com pétalas rosa e branco, são exemplos de plantas exóticas que destacamos.

 

Árvores

 

jacarandá

Jacarandá.


Jacaranda mimosifolia

Família: Bignoniaceae
Origem: Brasil
Nome vulgar: Jacarandá
Ciclo de vida: Árvore de folha caduca
Época de plantação: Outono, primavera
Época de Floração: Primavera e verão
Cor de floração: Roxa
Altura: 5-6 m
Condições de cultivo: Sol. Solo fértil, bem drenado e com alguma matéria orgânica. Não tolera secura extrema nem ventos fortes principalmente carregados de ar do mar

 

Magnólia.

Magnolia x soulangeana

Família: Magnoliaceae
Origem: China
Nome vulgar: Magnólia
Ciclo de vida: Perene
Época de plantação: Outono e primavera
Época de Floração: Início da primavera com a árvore ainda sem folhas
Cor de floração: Branca, rosa, rocha
Altura: 4 – 5 m
Condições de cultivo: Sol, meia sombra. Não gosta de muito calor mas tolera bem o frio e o vento. Precisa do solo sempre húmido, logo prefere solos profundos, ricos em matéria orgânica e bem drenados; tolera solos calcários embora prefira os solos ácidos
Utilização: Há muitas variedades, todas elas com flores de tamanhos e cores diferentes. Precisa de espaço para se desenvolver. Alinhamento: isolada ou em grupo

Arbustos

hibisco

Hibisco.

Hibiscus rosa-sinensis

Familia: Malvaceae
Origem : Ásia e Havai
Nome vulgar: Hibisco
Ciclo de vida: Arbusto de folha persistente
Época de plantação: Qualquer altura do ano
Floração: Primavera, verão, outono
Cor: Encarnado, amarelo, cor de laranja, salmão, cor de rosa
Altura: 2 – 3 m
Condições de cultivo: Sol, meia sombra, qualquer tipo de solo desde que rico em matéria orgânica e bem drenado. Não tolera geada, suporta ar do mar
Utilização: Sebe, isolado, maciço, vaso ou floreira

 

berberis

Berberis.


Berberis thunbergii
var atropurpurea

Família: Berberidaceae
Origem: Japão
Nome vulgar: Berberis
Ciclo de vida: Arbusto de folha caduca
Época de plantação: Outono, inverno e primavera
Época de Floração: Primavera e verão
Cor de floração: Branca
Altura: 1-1.5 m
Condições de cultivo: Sol, meia sombra. Solo fértil, bem drenado e enriquecido com matéria orgânica. Resiste à secura mas não ao excesso de água
Utilização: Uma boa solução para colocar num local onde não queremos que passe ninguém

 

fotinia

Fotínia.


Photinia x fraseri

Familia – Rosaceae
Origem – Japão e China
Nome vulgar– Fotínia
Ciclo de vida – Perene
Época de plantação – Qualquer altura
Época de Floração – Primavera
Cor de floração – Branca
Altura – até 5 m
Condições de cultivo: Bastante luz, meia sombra, solo bem drenado com matéria orgânica e ph neutro ou ligeiramente alcalino. Folhagem verde com os rebentos novos encarnados
Utilização: Isolada, em sebe talhada ou livre

 

Herbáceas

cosmos

Cosmos.

Cosmos bipinnatus

Família: Asteraceae
Origem: México
Nome vulgar: Cosmo, beijo de moça
Ciclo de vida: Anual
Época de plantação: Primavera-verão
Época de Floração: Verão
Cor da floração: Cor-de-rosa, branca, vermelha, roxa, etc
Condições de cultivo: Sol ou meia sombra; todo o tipo de solos incluído os solos muito pobres; tolera a seca. Desenvolvem-se muito e rapidamente; muito fáceis de cultivar.
Utilização: Bordaduras, maciços, floreiras, conferem um ar muito campestre à paisagem

 

Fotos: Thinkstock

Poderá Também Gostar