Plantas Ornamentais

Poinsétia, a estrela do Natal

Durante a época natalícia, as poinsétias, também conhecidas como estrelas-do-Natal, são incapazes de passar despercebidas a qualquer pessoa. A sua cor, graciosidade e beleza fazem com estas sejam as plantas mais populares nas decorações de Natal.

O seu nome científico é Euphorbia pulcherrima, que significa “a mais bela das Euphorbias.” Este arbusto muito procurado para espaços interiores também pode ser plantado no jardim, em locais abrigados e não sujeitos a geada.

Características

Originário da América Central, este arbusto tropical tem vindo a ser melhorado geneticamente, dando origem a diferentes cultivares que se diferenciam quanto à forma, cor e textura. As poinsétias mais vulgares são as vermelhas tradicionais, mas também encontrará nos centros de jardinagem plantas de cor branca, cor-de-rosa ou fúcsia. A cor da planta não é dada pelas flores, mas sim pelas brácteas. Brácteas são estruturas foliáceas associadas às inflorescências cuja função é a proteção das flores.

Plantação

As poinsétias são plantas mais indicadas para o interior. Devem estar num local com muita luz, preferencialmente numa divisão virada a sul e perto de uma janela. No interior, procure evitar que a planta esteja perto de uma fonte de calor, lareira ou aquecedor, para não desidratar. Se desejar plantar no exterior, deve procurar as zonas mais soalheiras e quentes do jardim ou terraço e ter em conta que este arbusto pode chegar aos 2-3 metros de altura. Já é possível encontrar variedades mais resistentes para plantar no jardim.

Manutenção

Para garantir uma planta bonita durante vários meses, deve saber gerir muito bem a quantidade de rega. O substrato não deve estar encharcado e muito menos manter água no fundo do vaso ou do prato. As regas podem ser espaçadas de modo a permitir que o substrato seque à superfície. Não conseguimos definir uma periodicidade certa para a rega, porque depende das condições de cada local, mas normalmente uma vez por semana será suficiente. Quando plantados no jardim, devemos ter o cuidado de regar os arbustos diretamente no pé para evitar molhar e danificar as brácteas, preferindo rega gota a gota a rega por aspersão.

Depois de terminar a floração, na primavera, pode podar drasticamente a sua poinsétia, fertilizá-la e regá-la regularmente, manter num local soalheiro e esperar por nova rebentação. No outono, surgirão de novo as primeiras brácteas coloridas.

Fotos: Thinkstock, Tiago Veloso

Gostou deste artigo? Subscreva o nosso canal no Youtube e siga-nos no Facebook, no Instagram e no Pinterest.

Poderá Também Gostar