Plantas Ornamentais

Sabia que esta planta é do tempo dos dinossauros?

proteáceas

Prótea Cream Mink, da Flora Toscana.

 

Há 95 milhões de anos, quando os continentes ainda não se tinham separado e os dinossauros populavam a Terra, as proteáceas já existiam. Quando os continentes se dividiram, esta família de plantas fez o mesmo, e é por isso que vemos flores desta família a nascerem na Austrália, na África do Sul, na América do Sul ou na Indonésia. Além de antiga, a família das proteáceas é muito extensa: tem mais de 83 géneros com cerca de 1,660 espécies.

Fique a conhecer algumas das espécies mais conhecidas de Proteáceas e aprenda a cultivá-las.

Prótea

Prótea Special Pink Ice, da Flora Toscana.

 

Este género, que deve o nome ao deus grego Proteus, tem cerca de 100 espécies. As próteas podem ser pequenos arbustos ou árvores de oito metros, dependendo da espécie.

Estas plantas precisam de solos bem drenados, ácidos e pouco férteis. No primeiro ano, as próteas precisam de mais água, pois as raízes estão a desenvolver-se. A partir do segundo ano, uma rega por semana em períodos se secura basta. As próteas adoram o sol direto.

Se não tiver jardim, também pode tê-las em vasos. Nestes casos, garanta um substrato bem drenado, misturando substrato normal com 30% de perlite. Este deve ainda ser ácido e não ter fertilizante. No verão, regue abundantemente uma vez por dia e adicione, semanalmente, fertilizante sem fósforo e 0,25g por litro de quelato de ferro. No outono, faça isto apenas quinzenalmente.

Banksia

Banksia “Birthday Candles” (Banksia Spinulosa), da Flora Toscana.

 

As Banksias dividem-se por 173 espécies e variam entre arbustos pequenos e árvores de 30 metros.

As Banksias dão-se bem com solos bem drenados, muita exposição solar e fertilizantes com pouco fósforo. A maioria gosta de uma poda ligeira.

É fácil propagar Banksias a partir de semente. Pode colocar a flor no forno durante uma hora, para tornar possível libertar a semente usando uma pinça. A planta jovem deve ser transplantada para um pequeno vaso assim que aparecer a primeira folha.

Alguns exemplos desta planta são a Banksia aemula, a Banksia integrifolia var. integrifolia, a Banksia serrata e a Banksia spinulosa var. collina.

Leucadendron

Leucadendron “Safari Sunset”, da Flora Toscana.

 

Os Leucadendron são pequenas árvores e arbustos, originalmente encontrados apenas na África do Sul.

O nome tem origem grega – vem das palavras “leukos”, que significa branco, e “Dendron”, que significa árvore. No entanto, a maioria dos leucadendron são coloridos. A nível de altura, podem ir de um a 16 metros, dependendo da espécie.

Os Leucadendron são plantas resistentes. Precisam de sol direto, solos bem drenados e arejamento. Nos meses mais secos, regue bem uma vez por semana. Coloque mulch regularmente para manter longe as ervas daninhas e reduzir a necessidade de rega.

Leucospermum

Leucospermum “Yellow Carnival”, da Flora Toscana.

 

Existem cerca de 50 espécies de Leucospermum, que variam entre arbustos e pequenas árvores.  São nativos da África do Sul e do Zimbabué.

Estas plantas gostam de climas amenos e de sol direto. No inverno, em locais frios, devem ser mantidas no interior. Necessitam de solos bem drenados e ácidos, com pouco fosfato e nitrato. Também precisam de arejamento e não devem ser fertilizadas. Devem ser regadas com moderação.

A propagação é mais fácil por estaca. Por semente é difícil, pois as sementes precisam de condições muito específicas para germinação.

Telopea

Telopea “Lady Crimson”, uma espécie exclusiva da Flora Toscana.

 

As Telopeas são arbustos resistentes, originários da Austrália, que podem crescer até quatro metros. Devem crescer em zonas com sol direto ou com pouca sombra. O solo deve ser bem drenado, neutro a ácido, pouco fértil, rico em húmus e arenoso. As Telopeas respondem bem à poda, que encoraja a floração.

A propagação pode ser feita por semente ou estaca. As sementes devem ser plantadas num solo areoso e pouco depois da germinação as plantas jovens devem ser transplantadas para para vasos individuais com terra semelhante.

A Telopea tem cinco espécies: a Telopea speciosissima, a mais conhecida, a Telopea aspera, a Telopea mongaensis, a Telopea oreades e a Telopea truncata.

Powered by Flora Toscana.

Fotos: Flora Toscana

Poderá Também Gostar