Eventos

Tarefas da semana: 11 a 17 de março

Mais uma semana em que a chuva vai marcar presença, e embora atrase um bocado as culturas de primavera, esta água fazia muita falta para combater a seca que se abatia sobre Portugal. Por isso, vamos aguentar e pensar nos benefícios que toda esta água têm para a nossa agricultura, barragens e nascentes. Podemos começar a adiantar as sementeiras em tabuleiro e quando as plantas já tiverem um palmo de altura (daqui a uns meses) podemos transplantá-las para o local definitivo.

Os dias 11 e 12 são os ideais para semear e plantar frutos

Pode plantar mirtilos no pomar, no jardim e até na varanda ou terraço, tenha o cuidado de plantar sempre dois exemplares para que haja polinização cruzada e os frutos sejam maiores.

Condições de cultivo

Um arbusto que pode ser plantado no inverno, prefere solos arenosos, bem drenados, ricos em matéria orgânica e com um pH ácido (4,5-5,5). Se cultivar em vaso tenha o cuidado de utilizar substrato para plantas acidófilas. São plantas que precisam de pelo menos 700 horas de frio (abaixo dos 10ºC) para frutificarem. Gostam de zonas com muitas horas de exposição solar direta.

Deve ter o cuidado de mondar para que as infestantes não entrem em competição com os mirtilos, a poda invernal é essencial para garantir uma boa floração e consequente frutificação.

Propriedades medicinais e benefícios dos mirtilos

Considerado o rei dos antioxidantes, reduz o colesterol, combate e previne infeções urinárias, estimula a memória e a coordenação motora.

Couve-rábano

Nos dias 13 e 14 plante e semeie raízes

A couve-rábano é uma planta pouco consumida em Portugal, mas utilizada na alimentação desde a antiga Grécia onde lhe chamavam “gastores”, palavra que significa “manjar delicioso”. Descende da couve-brava. Consome-se o caule (tubérculo) e também as folhas, tem um sabor entre a couve e o nabo.

Condições de cultivo

Gosta de solos soltos e bem drenados, profundos, frescos e ricos em húmus. Não aguenta muitos dias de frio seguidos. Fertilização deve ser feita com estrumes e composto. Pode semear agra em tabuleiros e transplantar para o terreno daqui a 6-7 semanas. Necessita de regas regulares.

Propriedades medicinais e benefícios da couve-rábano

Rica em carotenoides, ácido fólico, clorofila, vitamina A, vitamina C, B1, B2, cálcio e ferro. Consome-se cozida, em sopas, assada, frita ou crua em saladas.

11 a 17 de março

Dálias

Nos dias 15 e 16 plante e semeie flores

Uma das plantas bolbosas mais fáceis de cultivar, os ingleses não as dispensam nas suas bordaduras floridas. Pode plantá-las no jardim, na horta, em vaso ou em floreira. Há dálias de muitas variedades e cores diferentes, com flores grandes, médias e pequenas. Escolha as suas preferidas e prepare um jardim bem colorido para o verão.

Condições de cultivo

São plantas que gostam de sol direto, zonas protegidas do vento e solos férteis e bem drenados. Quando comprar os tubérculos de dália (bolbos) tenha o cuidado de ver se estão em boas condições, intactos, rijos, sem manchas, fungos ou fendas. Enterre-os ao dobro do seu diâmetro. Quando começarem a rebentar fertilize-as com composto ou húmus de minhoca, se as flores forem muito pesadas coloque-lhes um tutor para não se partirem. Se as plantas agora, estarão em flor no final do verão.

Rebentos de rúcula

No dia 17 plante e semeie folhas

Uma planta deliciosa, com um sabor picante, muito fácil de cultivar e de cuidar, na horta, no jardim e até em floreira ou vaso. As suas folhas podem ser consumidas cruas, cozidas ou refogadas, muito utilizada em inúmeros pratos culinários. Para além das folhas as suas sementes também são consumidas, podendo substituir as de mostarda.

Condições de cultivo

Gosta de temperaturas amenas (16-22ºC) , sol direto e luz. Prefere colos bem drenados, férteis, ricos em matéria orgânica e com pH 6-7. Necessita de regas regulares. Semeei em local definitivo, a uma profundidade não superior a 0,5 cm. Normalmente as sementes germinam em 4 a 8 dias e estão prontas para ser consumidas em 20.60 dias. Pode optar por arrancar toda a planta ou apenas por retirar as que têm as folhas maiores.

Propriedades medicinais e benefícios da rúcula

Fonte poderosa de vitaminas A, C e K, fundamental na manutenção da saúde ocular também pela sua riqueza em carotenoides que desaceleram o processo degenerativo dos olhos e da pele. Fortalece o sistema imunitário e atua na renovação das células do nosso corpo. Melhora as funções cerebrais.

Fotos: Pixabay

Leia também: Calendário lunar de março

Gostou deste artigo? Subscreva o canal da Jardins no Youtube e siga-nos no Facebook e no Instagram

Poderá Também Gostar