Tarefas da Semana

Tarefas da semana: 20 a 27 de agosto

Arméria.

Mais uma semana de calor e de verão, onde se podem começar a antecipar algumas sementeiras e plantações para a próxima estação. No entanto não se devem descurar tarefas como as podas de limpeza, remoção de flores e folhas secas bem como de plantas que estejam em final de ciclo. Estas tarefas evitam o aparecimento de uma série de pragas e doenças. Não se devem descurar as regas principalmente nos relvados e nas hortícolas que estão em plena produção. Saiba tudo o que há para fazer de 20 a 27 de agosto.

Tomilho-serpão.

Semear e plantar flores no dia 20

Domingo é um bom dia para jardinar um pouco, de preferência de manhã cedo ou ao final do dia quando está menos calor. Pode começar a fazer sementeiras de plantas autóctones como as alfazemas de flor branca (Lavandula viridis), as armérias (Armeria maritima) ou o tomilho-serpão (Thymus serpyllum). A arméria é muito resistente em forma de tufo natural com 30-40 cm de altura,  com uma floração exuberante cor-de-rosa que se prolonga durante toda a primavera e verão. O tomilho-serpão cresce de forma prostrada, criando um tapete, que pode ser uma excelente opção para zonas secas ou pedregosas, apiários, taludes, etc. Quando em flor quase deixámos de ver o verde das folhas e caules, tal é a sua abundância. Todas estas plantas se dão bem em locais com solos arenosos, muito sol e aguentam ar do mar carregado de salsugem.

Dia 21 é dia de nodo lunar

Neste dia deverão ser evitadas atividades de sementeiras de qualquer tipo de espécie. Todas as outras tarefas como combate a infestantes e controlo de pragas e doenças podem e devem ser feitas.

Pessegueiro.

No dia 22, 23 e 24 semeie e plante frutos

Se as temperaturas não estiverem demasiado altas pode começar a plantar algumas árvores de fruto para a próxima estação, consoante as suas condições de solo e de exposição solas escolha plantas que estejam bem adaptadas para que o sucesso na sua produção seja grande. Árvores como os pessegueiros ou damasqueiros são fáceis de cultivar e depois de se adaptarem produzem em quantidade. Tenha o cuidado de quando as plantar fazer uma cova funda e colocar adubo de libertação controlada ou estrume bem curtido. Regue abundantemente as árvores recém plantadas.

Ruibarbo.

 

Os dias 24, 25 e 26 são ideais para semear e plantar raízes

Há raízes que consumimos e que nunca são demais ter à mão de semear. É o caso do rábano, do rabanete – que é pouco calórico e um excelente snack para ter sempre no frigorifico – ou do delicioso ruibarbo, ótimo para doces e tartes originais e requintadas.

Tomate seco ao sol.

É tempo de colher

Nos dias 24 a 26 deve dedicar-se às colheitas, o tomate-cereja, tomate-pera, tomate-chucha, coração-de-boi estão deliciosamente maduros e prontos a colher. Se tiver muita produção, pode secá-lo ao sol para ter todo o ano para usar em risotos, pães, pizzas etc. Pode ainda fazer doce de tomate ou molho de tomate caseiro e conservar.

Mondar.

 

Combater pragas, doenças e infestantes nos dias 20 a 23

Com o calor que se faz sentir não se podem dar tréguas ao combate às pragas e doenças que atacam um pouco por todo o lado. Devemos dar especial atenção aos relvados, árvores de fruto e roseiras pois são atreitas a algumas pragas, é sempre melhor prevenir ou atacar atempadamente do que quando a praga está muito instalada. As infestantes nas zonas que não são regadas tendem a diminuir com o calor, nas zonas regadas desenvolvem-se muito mais, a monda é uma tarefa constante nesta época do ano, principalmente na horta para não haver competição com as plantas que estão em plena produção.

Fotos: Thinkstock

Gostou deste artigo? Siga a Jardins no Facebook e no Instagram.

Poderá Também Gostar