Decoração Notícias

Tendence 2018: à descoberas novas tendências para o próximo ano no jardim

Mais uma vez, durante quatro dias, a Feira de Frankfurt foi palco da Tendence, um evento onde, como o nome indica, são apresentadas as tendências para o próximo ano quer seja a nível de mobiliário de interior e exterior, decoração, loiças, vidros, cerâmicas, papéis, brindes, joalharia, bem como decoração sazonal, para o Natal ou Páscoa e materiais e flores artificiais para floristas.

De tudo que tive oportunidade de ver e ouvir, pude perceber que não há apenas uma tendência, mas sim e que muitas vezes são diametralmente opostas. Nomeadamente, a grande presença de mobiliário de inspiração escandinava, com linhas simples, design depurado e cores sóbrias, como contraponto a decorações opulentas, com materiais glamorosos como os veludos, as peles, os dourados, os brilhos e os espelhos.

Decoração shabby chic

Mobiliário e decoração exterior

Os ambientes são muito confortáveis, podendo ser mais glamorosos, étnicos, shabby chic, hippie chic, boho, ou minimalistas, mas funcionando quase como um prolongamento de casa. Em que o dentro e o fora se confundem, muitas vezes os móveis de dentro passam para fora. Os ambientes de praia, selva urbana, a natureza transportada para casa, são uma constante nos stands de várias marcas como Scholtissek, Goedegebuure, Jan Kurtz, Decorama ou Van der Leeden, HBX, entre outros.

Lareiras de exterior

Lareiras e exterior

Este é um elemento que aparece cada vez com mais frequência. Desde o design mais minimalista, até à peça mais sofisticada, o prazer de ter um fogo de chão é muito comum. Uma lareira para poder aquecer o jardim, varandas ou terraços, nas noites ou dias mais frios, é cada vez mais uma opção; mais uma vez o conceito do espaço exterior ser um prolongamento da casa.

Materiais

A madeira a par com outros materiais naturais como o sisal, vime, e outras fibras têxteis são inegavelmente uma tendência.

A madeira aparece na maior parte das vezes utilizada no seu estado mais natural. Com grandes mesas, cadeiras, bancos, construídos em madeira maciça e com um acabamento o mais naturalizado possível. Também o ferro, a pedra e as cerâmicas estão na ordem do dia, estas últimas das mais variadas formas e cores, com destaque para as maravilhosas peças da Des Pots.

Ambiente mar-praia

Padrões, elementos decorativos e tons

A natureza é a grande presença nos padrões e elementos decorativos: o mundo vegetal com uma profusão de plantas e flores, ao mundo animal, onde os pássaros, insetos, animais, corais, brilham de forma única. Formas naturais e naturalizadas, desenhos muito orgânicos, padrões e cores exuberantes.

As cores neutras continuam a ser trendy. As paletes de verdes (desde o menta, ao verde mar, verde musgo, lima, etc) de azuís, com o mar e o indigo estão a ser muito usados, bem como os tons de cor-de-rosa (principalmente em tonalidades pastel), sem esquecer os ambientes sofisticados criados com a cor do ano, o ultra violeta.

Padrões florais

Sustentabilidade e responsabilidade social

A sustentabilidade é uma preocupação crescente em grande parte das marcas. Esta verifica-se pela utilização de materiais reciclados (como o vidro, plástico, papel ou pele) e projetos de responsabilidade social a que estão associadas.

Temos entre outros, o exemplo da Lubech Living, uma empresa dinamarquesa, chamada The OOhh Colletionque. Esta empresa desenvolveu vários produtos, com design dinamarquês que são produzidos artesanalmente por mulheres no Sri Lanka. Estas mulheres, viviam no limiar da pobreza, são mães e trabalham ao seu ritmo e na medida das suas possibilidades. Os produtos são desenvolvidas a partir de materiais reciclados, como plástico, papel, entre outros. A gama inclui vasos para plantas de interior e exterior, castiçais, material de escritório, etc.

Elementos naturais

Novidades Tendence para 2019

No decorrer na feira, foi feita uma conferência de imprensa onde o diretor da Tendence apresentou as novidades para 2019. Com a abertura de um novo pavilhão (número 12), todo o conceito da feira irá mudar. Irá centrar-se mais nas necessidades dos consumidores. Os diferentes pavilhões irão estar organizados de forma diferente. Haverá um pavilhão mais vocacionado para a decoração sazonal, Natal/inverno/Páscoa e outro mais para os temas de primavera e verão. Um dos pavilhões irá estar organizado consoante os diferentes tipos de lifestyle: aventura, conforto, terra, urbano e moderno. Para que todos se possam identificar e ter pontos de interesse dentro da feira.

Fotos: Teresa Chambel

Gostou deste artigo? Subscreva o canal da Jardins no Youtube e siga-nos no Facebook e no Instagram.

Poderá Também Gostar