Manutenção Geral Pragas e Doenças

Toupeiras no jardim? Não obrigada!

Nos jardins, rurais ou citadinos, particulares ou públicos, campos desportivos ou cemitérios, é frequente vermos toupeiras nos relvados e canteiros.

Fazem estragos avultados e destroem rapidamente o que se demorou a construir. O impacto visual e emocional pode ser grande. São consideradas pragas pois fazem buracos nos relvados e galerias que podem abater, deixam montículos de terra espalhados e plantas destruídas pela sua passagem; em suma, podem comprometer a estética dos relvados e dos jardins no geral.

As toupeiras são pequenos mamíferos adaptados à vida subterrânea, escavam galerias subterrâneas, autênticos labirintos onde passam a maior parte do tempo; elas dormem, comem e respiram dentro dos seus túneis. Ocasionalmente aparecem à superfície e criam uns montículos de terra. As toupeiras têm um bom sentido de orientação, conhecendo bem o conjunto de galerias criado e deslocando-se em todas as direções.

Montículos de terra feitos por toupeiras num relvado

Podem escavar uma galeria até 14 metros numa hora. Ao contrário do que muitos pensam, não são cegas nem comem raízes nem plantas, alimentam-se de minhocas, larvas e pequenos invertebrados e podem encontrar-se em quase todo o mundo, excepto Antártica e América do sul. Movimentam-se de dia e de noite, retirando o excesso de terra dos túneis para a superfície, criando montículos de terra. Podem ser vistas ao início da manhã e ao fim da tarde em horas de luminosidade reduzida ou em dias nebulados, em que a incidência de radiação solar é reduzida, sendo estas as alturas ideais para capturar as toupeiras quando vêm à superfície.

Como afastar ou eliminar toupeiras?

Para repelir ou afastar podemos usar:

  • Ultrassons, disponíveis nos hortos e centros de jardinagem.
  • Produtos repelentes, disponíveis nos hortos e centros de jardinagem.
  • Bolas de naftalina nos buracos.
  • Plantar trovisco (Daphne gnidium) nos jardins.
  • Deitar fumo para dentro das galerias.
  • Inundar as galerias com a ajuda de uma mangueira.
  • Colocar armadilhas que capturam as toupeiras, que podem ser libertadas noutros locais.

Armadilha

Para erradicar podemos usar:

  • Pastilhas de gás que se colocam dentro dos buracos, disponíveis nos hortos e centros de jardinagem.
  • Raminhos com espinhos de roseira ou silvas, partidos e colocados horizontalmente dentro de canais antecedentes dos buracos novos.
  • Usar armadilhas que capturam e aniquilam as toupeiras.

Outra forma de controlo da população de toupeiras é controlar a disponibilidade de alimento.

Ao escolher as sementes ou tapetes de relva, devemos escolher os que as lagartas não gostam de comer, por ter sabor desagradável. As espécies com estas características são as que têm fungos endófitos, fungos benéficos e que atribuem um sabor desagradável. Nestes relvados a existência de lagartas é muito reduzida, logo as toupeiras procuram outras zonas com mais alimento.

Outra forma é recorrer a inseticidas e usá-los para fazer limpeza de solo, aplicando-se várias vezes por ano respeitando as doses, modo e época de aplicação, seguindo as instruções do produto.

Curiosidades

Ao contrário do que muitos pensam, não são cegas nem comem raízes ou plantas, alimentam-se de minhocas, larvas e pequenos invertebrados e podem encontrar-se em quase todo o mundo, exceto Antártica e América do Sul.

Fotos: Thinkstock

Leia também: Como controlar os roedores no jardim

Gostou deste artigo? Subscreva o canal da Jardins no Youtube e siga-nos no Facebook e no Instagram

Poderá Também Gostar