Aromáticas e Medicinais

Loureiro no jardim: ideal para topiaria

Sebe de loureiro

O loureiro é uma pequena árvore ou grande arbusto de crescimento lento, que se desenvolve de forma piramidal, podendo atingir mais de 10 m de altura. As suas folhas são persistentes, verdes escuras, brilhantes e muito aromáticas. As flores amarelas são muito pequenas e desenvolvem-se em cachos durante a primavera, dando umas bagas muito escuras e brilhantes no outono com cerca de 1 cm de comprimento.

Espécie: Laurus nobilis, mais conhecida por loureiro ou simplesmente louro.

Família: Lauraceae

Origem: É uma espécie nativa da região mediterrânica e muito comum sobretudo em Portugal, Espanha, Itália, Sul de França, Turquia, Argélia e Marrocos.

Loureiro em flor

 

Vantagens: Sebe densa e sempre verde. Tolerante à sombra parcial. Aceita bem podas severas e frequentes.

Desvantagem: Crescimento lento

Utilização

São plantas perfeitas para sebes de qualquer dimensão. Os loureiros são plantas excelentes para a formação de sebes formais ou a criação de figuras em topiaria. É frequente encontrar loureiros em bola ou em cone nos centros de jardinagem. Também podem ser plantados como arbustos isolados num jardim ou em vaso para decorar terraços ou varandas. As folhas de louro são frequentemente utilizadas em culinária, assim como os seus ramos para fazer as célebres espetadas em pau de louro da ilha da Madeira. Os óleos essenciais extraídos das suas folhas e frutos são também utilizados para fins medicinais, criação de perfumes ou velas. Desde a antiguidade que as folhas de louro são um símbolo que consagra os vencedores, daí o termo “laureado”.

Sebe de loureiro

Plantação

O loureiro cresce melhor em sombra parcial, tolera bem as geadas moderadas (até -12 ºC) mas é relativamente sensível ao vento. É indiferente ao pH do solo mas necessita de solos férteis, húmidos e bem drenados. Precisam de ser regados no verão.  É relativamente fácil encontrar nos centros de jardinagem loureiros de diversos tamanhos, desde pequenos, com 30 cm de altura a 4, até plantas com 1,5/2 m de altura a 30. Dado que é uma planta com crescimento lento, quando tiver urgência na formação de uma sebe, tem de adquirir plantas já com algum porte.  O compasso de plantação deve ter um mínimo de 50 cm e um máximo de 1,5 m de distância entre plantas e deve-se ter em conta um canteiro com pelo menos  1 m de largura.

Poda

Os loureiros são plantas que aceitam muito bem podas frequentes e severas regenerando rapidamente. Como o crescimento é muito lento, duas podas por ano serão suficientes para manter as sebes bem formadas e densas, a meio da primavera e no final do verão. Se desejar fazer uma poda mais radical de modo a regenerar a planta tentando dar-lhe outra forma, a altura ideal é o final do inverno.

Loureiro em bola

Doenças

É uma planta altamente resistente a pragas e doenças. No entanto pode surgir ataque de cochonilhas no verão associado à fumagina (fungo negro e espesso que cobre parte das folhas afetadas pelos insetos), as lagartas também podem atacar as suas folhas deixando-as todas “ratadas”.

Fotos: Tiago Veloso

Gostou deste artigo? Siga-nos no Facebook, no Instagram e no Pinterest e subscreva o nosso canal no Youtube

Poderá Também Gostar