Tarefas da Semana

Tarefas da semana: 16 a 22 de agosto

Nos dias 16 e 17 cuide das plantas de folha

Erva príncipe

Comece com uma planta comprada em vaso num viveiro ou enraize um caule de uma planta adulta. Esta propagação é fácil: no final do verão, arranque um caule externo de uma planta grande, corte as folhas até 8 cm de altura e plante-as num pequeno vaso.

Cultive esta jovem planta durante o inverno numa zona ensolarado e idealmente com temperaturas amenas, dando-lhe apenas pequenas quantidades de água para não encharcar. Depois de alguns meses, replante ao ar livre, durante a primavera. Escolha um local quente e ensolarado que seja conveniente para regar com frequência.

Em relação à colheita, deixe a planta desenvolver alguns caules grossos antes de começar a colher. As folhas mais macias são as mais novas, encontradas no centro dos caules.

Ao cultivar estas plantas, tenha em atenção que as raízes podem apodrecer em solos argilosos mal drenados. Quando estiver a cultivá-las em recipientes, mude as plantas para vasos maiores, conforme necessário, ao longo dos anos. Quando as raízes ficam muito densas e preenchem todo o volume do vaso, podem até fazer com que os vasos de barro rachem.

Não precisa de muita adubação e pode ser bem cultivada na proximidade de plantas companheiras como os coentros, manjericão e equinácea.

Nos dias 18 e 19 cuide das plantas de fruto

Videira

As videiras são cultivadas em regiões de todo o mundo onde as temperaturas durante a estação de crescimento atingem médias entre os 13-21°C. Estes limites de temperatura são encontrados principalmente nas zonas de latitude média de clima continental, como é o caso do Sul e Centro da Europa.

A videira prefere um solo franco moderadamente fértil, húmido, rico e profundo e prefere um pH na faixa de 6,5 a 7, mas tolerará uma faixa de 4,3 a 8,6. Há uma ampla gama de cultivares disponíveis que são adequados a uma variedade de solos, tornando possível encontrar um cultivar para praticamente todas as condições do solo.

Estas plantas exigem sol pleno para um crescimento saudável e boa produção. Um pouco de sombra por algumas horas do dia é aceitável, mas em áreas com verões mais frios do que um verão mediterrâneo típico, plante em pleno sol e tenha o cuidado de criar um microclima favorável, como por exemplo uma parede voltada para sul, para ajudar a fornecer o calor necessário e amadurecer a fruta.

As videiras cultivadas ao ar livre só precisarão de rega em períodos de seca severa e prolongada. O momento mais importante para irrigar é quando as plantas estão em flor e quando os frutos estão a começar a vingar. Fazer irrigação quando os frutos estão a amadurecer não é necessário e pode levar a uma diluição do teor de açúcar, reduzindo a doçura da uva.

No dia 22 cuide das flores e arbustos

Fotínia

Escolha um local para a fotínia que receba algum sol direto, quatro horas ou mais é o ideal. Cave um buraco duas vezes mais largo e profundo do que o torrão da raiz da planta. Preencha o fundo do buraco com um pouco do solo misturado com composto ou estrume bem curtido e coloque a planta de modo a que a parte superior da bola de raiz fique nivelada com o chão. Quando o buraco estiver cheio, regue bem e adicione uma cobertura de mulch ao redor da base da planta.

Regue regularmente durante o primeiro ano. Evite molhar as folhas, direcionando a mangueira ou regador para a base da planta. Isto impedirá o crescimento de fungos que podem danificar a planta. Assim que a planta esteja estabelecida, não deve precisar de rega suplementar, exceto nos longos períodos de seca no verão.

Durante os primeiros anos, dê à sua fotínia um fertilizante na primavera, idealmente adubo de libertação lenta 10-10-10. Uma vez que a planta esteja bem enraizada, não será necessário alimentá-la com tanta frequência a menos que o solo seja muito pobre.

Poderá Também Gostar