Ornamentais

Arbustos floridos para a primavera

Esta é uma excelente época para renovar os seu jardim, e porque não plantar novos arbustos, de preferência os que estão em flor na primavera?

Os arbustos são uma peça essencial em qualquer jardim, conferem forma e são muitas vezes o “esqueleto”, aquilo que o torna interessante durante todo o ano.

Devemos ter um cuidado redobrado na seleção dos arbustos, escolher plantas de que gostemos mas que estejam adaptadas às condições que temos disponíveis e que se adaptem ao fim que delas pretendemos.

Como escolher arbustos floridos para o jardim?

Os arbustos são multifacetados e podem utilizar-se isolados, em sebe, em maciço, a formar desenhos mais minimalistas, em conjuntos mais tradicionais… Um mesmo arbusto utilizado de diferentes formas pode ter resultados diferentes. Tudo é possível – só é preciso saber o que quer e escolher as plantas certas.

Os arbustos também são muito importantes para a criação de biodiversidade: fornecem habitat a pequenos mamíferos, pássaros e insetos benéficos ao jardim. Pense também nestes aspetos quando seleciona os arbustos para o seu jardim, todos devemos ter preocupações ecológicas e de preservação da biodiversidade.

Cuidado com as plantas tóxicas, principalmente quando existem crianças. Dê especial atenção aos loendros que são tóxicos desde as folhas às flores e aos frutos.

O ideal no seu jardim é ter arbustos com floração nas quatro estações do ano.

Pode optar por colocar arbustos diferentes nas diferentes zonas do jardim. Selecione as espécies de acordo com as zonas que mais utiliza em cada época do ano e combine-as com as respetivas florações.

Não se esqueça que os arbustos demoram mais tempo a crescer do que as herbáceas. Quem gosta de ver o jardim acabado rapidamente poderá optar por misturar arbustos com herbáceas ou aumentar a densidade de plantação, nesta última hipótese terá do os podar mais vezes ou deverá ter o cuidado de transplantar alguns ao fim de um ano.

Para ajudar na escolha dos arbustos para o seu jardim é sempre uma boa ideia visitar viveiros ou centros de jardinagem, mas também é importante vê-los aplicados em jardins, o que irá ajudar  na escolha pois poderá perceber como se irão comportar no futuro.

Aqui ficam alguns dos meus arbustos favoritos, que pode plantar já e ter flor na primavera. Fique com informações sobre cada um deles e escolha os que mais se adaptam ao seu jardim e aqueles de que gosta mais.

Fichas de cultivo

Callistemon citrinus
arbustos floridos
Limpa garrafas.

Nome vulgar: Limpa garrafas

Época de Floração: Primavera, Verão e Outono

Cor de floração: Encarnado brilhante

Altura: até 3 m

Distância de plantação mínima : 1 m

Condições de cultivo: Bem adaptado a qualquer tipo de solo, desenvolve-se com mais rapidez em solos férteis, bem drenados e ligeiramente ácidos. Gosta de climas temperados mas resiste a geadas e temperaturas baixas.

Utilização: Excelente para sebes altas ou médias, isolado ou em maciços de muitas ou poucas plantas. Resiste muito bem à poda.

Manutenção: É um arbusto muito rústico e que não necessita de cuidados de manutenção especiais, apenas uma poda de limpeza das flores e extremidades dos ramos florais após a floração, esta operação irá estimular a floração da temporada seguinte. Embora resista à seca convém ser regado nos meses mais quentes.

Echium candicans
arbustos floridos
Massaroco.

Nome vulgar: Massaroco

Época de Floração: Primavera-Verão

Cor de floração: Roxo

Altura: até 1,5 m

Distância de plantação mínima: 1 m

Condições de cultivo: Sol, boa drenagem, qualquer tipo de solo, aguenta secura e vento e proximidade do mar.

Utilização: Maciços, isolado, taludes.

Manutenção: Planta muito rustica que não necessita de cuidados especiais de manutenção, regar apenas quando o solo está seco e podar no outono para o “domar. Cortar as flores após a floração para evitar o aparecimento de pragas e doenças.

Escallonia rubra
arbustos floridos
Escalónia.

Nome vulgar: Escalónia

Época de Floração: Verão – Outono

Cor de floração: Cor de rosa

Altura: até 2- 3 m se não for podada

Distância de plantação mínima: 0.6 -0.8 m

Condições de cultivo: Sol, meia sombra. Qualquer tipo de solo desde que tenha boa drenagem, aguenta secura e vento e proximidade do mar.

Utilização: Sebes talhadas ou livres. Maciço, bordadura.

Manutenção: Podar antes da floração (inverno ou inicio da primavera). Regar nos primeiros anos regularmente e depois só nos meses mais quentes.

Grevillea juniperina
arbustos floridos
Grevilea.

Nome vulgar: Grevilea

Época de Floração: Primavera e verão

Cor de floração: Cor-de-rosa

Altura: 0.4- 0.5 m

Distância de plantação mínima: 0.5 a 1 m

Condições de cultivo: Sol. Todo o tipo de solo desde que não seja fertilizado com excesso de fósforo. Aguenta temperaturas altas e baixas, resistente à secura.

Utilização : Maciços, bordadura, isolada. Floreiras e vasos. Aguenta bem a poda e a topiárias.

Manutenção: Muito resistente a pragas e doenças. Necessita de muito poucos cuidados e regas. Pode podar no final do inverno para manter a forma e estimular a floração.

Hibiscus rosa-sinensis
Hibisco.

Nome vulgar: Hibisco

Floração: Primavera, verão, outono

Cor: Encarnado, amarelo, cor de laranja, salmão, cor-de-rosa

Altura : 2- 3 m

Distância de plantação mínima – 0.8- 1.0 m

Condições de cultivo: Sol, meia sombra, qualquer tipo de solo desde que rico em matéria orgânica e bem drenado. Não tolera geada, suporta ar do mar.

Utilização: Sebe, isolado, maciço, vaso ou floreira.

Manutenção: Necessita de uma poda de limpeza anual no início do inverno (para retirar os ramos velhos, mortos, secos, tortos, etc) e uma poda para estimular a floração no final do inverno ou início da primavera. O hibisco floresce no ramo do ano, aparece um novo rebento na primavera e semanas depois a flor. Necessita de duas adubações anuais, no outono e na primavera.

Nerium oleander
Loendro.

Nome vulgar: Loendro ou Cevadilha

Época de Floração: Primavera, verão e outono

Cor de floração: Branca, rosa, encarnado

Altura: Até 4 m

Distância de plantação mínima: 1.5 m

Condições de cultivo: Sol pleno. Resiste ao ar do mar. Tolerante às geadas. Pouco exigente em termos de solo e temperaturas. Planta muito tóxica.

Utilização: Sebes, isolado, maciço, taludes.

Manutenção: Planta muito rústica, tolera bem períodos de seca. Podar no Inverno removendo ramos e flores secas.

Solanum rantonetti
Solanum.

Nome vulgar: Solanum

Época de Floração: Todo o ano

Cor de floração : Roxo azulado

Altura: Até 2m

Distância de plantação mínima: 0.8- 1m

Condições de cultivo: Sol, meia sombra. Todo o tipo de solo. Resiste às baixas temperaturas.

Utilização: Isolado, maciço, vaso ou floreira.

Manutenção: Necessita de regas regulares no verão. Deve ser podado após a floração para estimular o desenvolvimento do arbusto e o aparecimento de mais flores. Planta muito resistente a pragas e doenças. Deve ser adicionada anualmente matéria orgânica e fertilizado na primavera de preferência.

Teucrium fruticans
arbustos floridos
Teucrium.

Nome vulgar: Teucrium

Época de Floração : Primavera

Cor de floração: Roxo

Altura: Até 2 m

Distância de plantação mínima: 0.8 m

Condições de cultivo: Sol ou meia sombra. Dá-se em todo o tipo de solo. Não tolera as geadas e o frio intenso.

Utilização: Pode ser utilizada em arbusto isolado, sebe, maciço ou em vaso ou floreira. A sua folhagem cinzenta fica muito bem em conjunto com as alfazemas e alecrins.

Manutenção: Rústica e resistente a pequenos períodos de seca. Convém ser regada nos meses mais quentes, deve- se deixar secar o solo entre regas. Aguenta muito bem a poda e topiária.

Fotos: Thinkstock; Peganum – Flickr

Gostou deste artigo?
Então leia a nossa Revista, subscreva o canal da Jardins no Youtube, e siga-nos no Facebook, Instagram e Pinterest.


Poderá Também Gostar