Notícias

Aromáticas Vivas ganham 3 Medalhas de Ouro

Gama de ervas Aromáticas Vivas Biológicas. Fonte: Aromáticas Vivas

 

Pelo sexto ano consecutivo, no 6º Concurso Nacional de Ervas Aromáticas Tradicionais Portuguesas, a marca Aromáticas Vivas ganhou 3 Medalhas de Ouro: Manjericão, Cebolinho e Erva Azeda.

Foi a primeira vez que o cebolinho e a erva azeda receberam uma distinção, ao contrário do mangericão que já é premiado desde há seis anos. A entrega das medalhas vai acontecer na Feira Nacional de Agricultura em junho de 2019. Poderá contar com um ciclo de seminários e colóquios sobre a temática agrícola.

Com dez anos de existência, a maior produtora de ervas aromáticas frescas portuguesa comercializa e produz as mesmas cortadas e em vasos para todo o país.

O prémio é o resultado da notoriedade e sucesso da marca. Em 2018 produziu mais de 5 milhões de vasos e 800 toneladas de ervas aromáticas cortadas. Os objetivos para 2019 passam por aumentar a quota de mercado e introduzir uma nova gama de produtos, os microgreens. 

A marca já conta com medalhas e prémios desde 2014. O seu principal objetivo é promover as ervas aromáticas tradicionais e exclusivamente produzidas em solo português, conforme mencionado no regulamento do concurso. A entrega das medalhas vai acontecer na Feira Nacional de Agricultura em junho de 2019. Poderá contar com um ciclo de seminários e colóquios sobre a temática agrícola.

O concurso foi organizado pela Qualifica e pelo CNEMA – Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas.

Fonte: Agroportal.pt

Gostou deste artigo? Subscreva o canal da Jardins no Youtube e siga-nos no Facebook e no Instagram.

 

Poderá Também Gostar