Aromáticas e Medicinais

Benefícios medicinais da manjerona

As folhas e as flores de manjerona possuem propriedades térmicas e calmantes. Melhoram a circulação e aliviam problemas como frieiras e cãibras; reduzem a tensão muscular, as dores abdominais, os espasmos mestruais, as cefaleias e as dores musculares.

Em chá ou tintura, a manjerona é um excelente tónico para os nervos reduzindo a tensão e a ansiedade, levantando o ânimo, dando energia e no entanto induzindo o sono.

É excelente contra sintomas relacionados com o stresse, em particular no sistema digestivo. Estimula o apetite, promove a digestão e a absorção e pode aliviar a indigestão, náuseas, aerofagia, cólon espástico e obstipação. Graças aos seus óleos voláteis, fortemente antissépticos, é um bom remédio em caso de infeções no estômago ou intestino, bem como para outro tipo de infeções.

A manjerona é benéfica tomada concomitamente com antibióticos, ou depois deles, pois ajuda a restabelecer a flora intestinal, e é também imonuestimulante, ajudando a prevenir tosses, constipações, gripe e febres.

Em chá quente, a manjerona reduz a febre e tem um eficaz efeito descongestionante, excelente no tratamento de constipações, tosse, congestão do nariz e dos brônquios, sinusite e febre-dos-fenos. Os antioxidantes ajudam a proteger o corpo contra o envelhecimento, enquanto as suas propriedades diuréticas reduzem a retenção de líquidos e promovem a eliminação de toxinas. Misturada em óleos de massagem, alivia dores nos músculos e nas articulações.

Chá de manjerona

Fique com uma receita que pode fazer em casa para aliviar dores de estômago:

Aliviar indigestões nervosas com manjerona

Adicione vários raminhos de manjerona a uma chávena de água a ferver. Deixe assentar até arrefecer, tapando o recipiente. Coe e torne a aquecer se necessitar. Adoce a gosto. É bom para acalmar o estômago, além de ser um excelente diurético para os rins.

Fotos: Pixabay e Thinkstock

Livro “Cultive as suas plantas medicinais” de Anne Mcintyre

Livro “Remédios caseiros com plantas” de Jude C. Todd

Gostou deste artigo? Subscreva o nosso canal no Youtube e siga-nos no Facebook, no Instagram e no Pinterest.

Poderá Também Gostar