Plantas

Como plantar com raiz nua

Algumas espécies como as roseiras, árvores de sombra, arbustos e fruteiras, vendem-se com a raiz limpa, ou seja, sem terra. Ligeiras e fáceis de transportar, estas plantas são mais baratas do que as que se vendem em vasos com raizame. Mas é necessário ter muito cuidado na manipulação porque as raízes sem proteção são muito sensíveis. Apenas estão disponíveis durante o repouso vegetativo, que coincide com os meses de inverno.

Cinco regras de ouro

Quando?

A partir do final do outono e até ao início da primavera.

Quais as precauções?

Assegurar-se de que as raízes estão saudáveis, bem desenvolvidas e que não secaram. Faça uma poda ligeira.

Devem ser plantadas o mais cedo possível após a compra, para evitar que sequem. Se não for possível, coloque-as num balde com água.

Qual o método?

Faça um buraco largo e fundo para acomodar as raízes bem estendidas. Cubra com terra e comprima para evitar bolsas de ar.

Quais os cuidados posteriores?

Estender terra vegetal ou estrume bem decomposto em torno da base.

Quais as espécies apropriadas?

Roseiras, fruteiras e árvores e arbustos (todos caducifólios) e certas espécies de herbáceas vivazes.

Conselho de cultivo

Os viveiros e centros de jardinagem apenas oferecem plantas com as raízes nuas quando estão em repouso, ou seja, de meados ou finais do outono até aos primeiros dias da primavera. Em resumo, o inverno é a época de plantação. Isto deve-se ao facto de estas plantas serem muito sensíveis ao ter as raízes descobertas e apenas ser possível manipulá-las quando estão inactivas, para que não sofram danos. Mas deve ter em conta que não pode plantar se o terreno estiver gelado ou encharcado.

Foto: Thinkstock

Gostou deste artigo?
Então leia a nossa Revista, subscreva o canal da Jardins no Youtube, e siga-nos no Facebook, Instagram e Pinterest.


Poderá Também Gostar