Jardim

Conheça melhor o seu Alecrim

A Salvia rosmarinus, comumente conhecida como alecrim, é uma herbácea lenhosa e perene com folhas perfumadas em forma de agulha e flores brancas, rosa, roxas ou azuis. Esta planta é nativa da região mediterrânea e até 2017 era conhecido como Rosmarinus officinalis.

É da família da hortelã, Lamiaceae, que inclui muitas outras ervas. O nome “rosmaninho” deriva do latim ros marinus (“orvalho do mar”). O alecrim tem um sistema radicular fibroso, sendo um arbusto aromático capaz de resistir a secas, sobrevivendo sem água por longos períodos.

Nalgumas partes do mundo, é considerado uma espécie potencialmente invasora. As sementes costumam ser difíceis de germinar, com baixa taxa de germinação e crescimento lento, mas depois de instalada a planta pode viver até aos 30 anos.

As formas variam entre vertical e prostrada, sendo que as formas verticais podem atingir 1,5 m de altura. As folhas são perenes com 2–4 cm de comprimento e 2–5 mm de largura, verdes na página superior e brancas na página inferior, com textura densa e lanosa.

A planta floresce na primavera e verão nos climas temperados, mas podem estar em floração constante em climas mais quentes. As flores são brancas, rosa, roxas ou de um azul profundo.

Por ser perfumado, atraente e tolerante à seca, o alecrim é usado como planta ornamental em jardins sem água, especialmente nas regiões de clima mediterrâneo.

É fácil de cultivar e resistente a pragas. O alecrim pode crescer bastante e manter a atratividade por muitos anos, podendo ser podado em formas mais formais e sebes baixas, e até usado para topiaria. Pode ser cultivado em vasos.

Os cultivares de cobertura vegetal espalham-se amplamente, com uma textura densa e durável. O alecrim cresce em solo argiloso com boa drenagem, numa posição aberta e ensolarada.

Clique aqui para comprar esta planta na Loja Online da Viplant.

Não resiste ao encharcamento e algumas variedades são susceptíveis à geada. Cresce melhor em condições de pH neutras a alcalinas com fertilidade média.

Pode ser propagado a partir de outra planta, cortando um raminho tenro de 10 a 15 cm de comprimento, seguindo as regras de estacaria normais.

Gostou deste artigo?
Então leia a nossa Revista, subscreva o canal da Jardins no Youtube, e siga-nos no Facebook, Instagram e Pinterest.


Poderá Também Gostar