Plantas

Heléboros: guia de cuidados

Por muito intenso que seja o frio, por muita neve que caia, as flores dos heléboros não se ressentem. Brotam até meados da primavera e para prosperar necessitam sombra parcial e solo rico em matéria orgânica, húmido e bem drenado. Com a ajuda deste guia saiba que cuidados aplicar aos seus heléboros para que se mantenham sempre boas condições fitossanitárias.

Guia de cuidados

Localização

Meia sombra. Como planta invernal, não sofre com a ausência de Sol e inclusive desenvolve-se melhor se receber os raios solares de forma indirecta. Gosta da sombra suave de uma árvore caduca.

Terreno

Rico e bem drenado. Necessita de solo capaz de reter a humidade, embora não tolere deficiências de drenagem. Coloque a planta em terreno rico em matéria orgânica ou enriquecida com húmus, composto ou estrume.

Rega

Periódica. Em caso de seca, o heléboro requer regas periódicas que permitam manter a humidade do terreno. Evite, por todos os meios, os encharcamentos.

Multiplicação

Sementeira ou divisão. Pode recorrer a qualquer destas técnicas no outono ou logo no início da primavera. A divisão, sempre que as raízes de cada exemplar estejam saudáveis, permite obter exemplares mais cedo.

Outros cuidados

Poda primaveril

Convém podar os heléboros no início da primavera, em plena etapa de produção de novas gemas. Se cortar a parte aérea no início do Verão, depois da floração, consegue que brote com mais força.

Fotos: Pixabay

Gostou deste artigo? Subscreva o canal da Jardins no Youtube e siga-nos no Facebook e no Instagram.

Poderá Também Gostar