Hortícolas e Frutícolas

Nabo, um tubérculo saudável e nutritivo

O nabo (Brassica rapa var. rapa) pertence à família botânica Brassicaceae, também designada por Cruciferae. É cultivado pelas suas raízes (nabo), folhas (nabiças) ou inflorescências (grelos), existindo cultivares adaptadas à produção dos diferentes órgãos.

Prefere climas frescos e húmidos, podendo suportar geadas ligeiras. As temperaturas médias mensais ótimas situam-se no intervalo de 15 a 20 ºC. Prefere solos de textura média, com boa capacidade de retenção de água durante a fase de crescimento mas com boa drenagem. O intervalo ótimo de pH é de 6,5 a 7,0. O ciclo cultural é de cerca 40 a 60 dias na primavera e verão e de 90 a 100 dias no inverno.

Sementeira

O terreno deve ser trabalhado de forma a permitir o desenvolvimento uniforme da raiz. A camada superficial deve ser regularizada para permitir uma germinação uniforme. O terreno pode ser armado à rasa ou em camalhões.

É aconselhável uma boa aplicação de composto ou fertilizante orgânico autorizado em Agricultura Biológica (já existem algumas marcas disponíveis em centros de jardinagem).

A instalação da cultura faz-se por sementeira direta, entre janeiro e maio para colheita no verão e entre julho e outubro para a produção de outono-inverno. A sementeira pode ser efetuada a lanço ou em linhas espaçadas de 20 a 30 cm, a uma profundidade de 0,6 a 0,8 cm.

A partir das duas primeiras folhas verdadeiras (além dos cotilédones) desbastar durante duas a quatro semanas, a intervalos de alguns dias. Deixe uma distância de 8-10 cm entre as plantas (10-15 cm, nas sementeiras de outono-inverno). As plantas removidas no desbaste podem ser aproveitadas como nabiças.

Rotações e consociações favoráveis

Para uma boa sanidade das plantas, devem praticar-se rotações com um período de recorrência de quatro anos.

Precedentes culturais adequados: Aliáceas (alho, alho-porro, cebola), Solanáceas (batata, tomate, pimento, beringela) e Cucurbitáceas (melão, melancia, abóboras); espinafre.

Precedentes culturais a evitar: Brassicáceas.

Consociações favoráveis: Alface, ervilha.

Cuidados de cultivo

A fase de engrossamento das raízes é o período crítico em que a falta de água pode comprometer a cultura. Na cultura protegida, mesmo nos meses chuvosos de inverno, é necessário regar para satisfazer as necessidades hídricas da cultura.

No verão, a rega é indispensável para satisfazer as necessidades de água e manter a temperatura do solo em valores que não prejudiquem a qualidade das raízes.

Os ataques de altica (prejudicial nas fases iniciais da cultura) ou de mosca-da-couve (cria galerias nos tubérculos) podem ser evitados mediante a aplicação de uma cobertura com manta térmica (disponível em centros de jardinagem), rede mosqueira ou musselina. Para evitar o míldio, evite a rega por aspersão sobre as folhas.

Propriedades do nabo

É um legume muito rico em vitamina C, E e K, fibras e ácido fólico. É ideal para dietas, pois é muito rico em nutrientes e fibras e baixo em calorias. É um excelente purificador do sangue, laxante, expetorante e diurético.

Colheita e conservação

Colhe-se quando as raízes atingem o tamanho desejado (5-10 cm), sem deixar que fiquem duras e fibrosas. Normalmente, a colheita é escalonada, deixando as plantas mais pequenas.

Para obtenção de semente, podem manter-se na terra durante o inverno ou guardar-se os nabos escolhidos em local fresco e seco e replantar na primavera. Florescem no verão e retiram-se os frutos (silíquas) que contêm as sementes quando estes ganham coloração pardacenta.

Dica

Para evitar a mosca do nabo (Delia radicum), cuja larva faz galerias nos nabos e pode até levar à murchidão da planta, proteja a cultura com manta térmica a partir do estado de 3 folhas verdadeiras. Em alternativa, coloque ramos de aromáticas, como tomilho, alecrim, cidreira ou hissopo entre as linhas de nabos, pois funcionam como repelente para a mosca.

Fotos: Thinkstock

Texto: AGROBIO

Gostou deste artigo? Subscreva o nosso canal no Youtube e siga-nos no Facebook, no Instagram e no Pinterest.

Poderá Também Gostar