Atualidade

O que está bonito em outubro

Em outubro os tons de outono invadem os jardins, encarnados, cor-de-laranja, amarelo-dourado, cor de ferrugem… tapetes de folhas enfeitam os caminhos, frutos e bagas iluminam os campos e jardins…liquidâmbares, romãs, dióspiros, vinha-virgem entre outros são protagonistas desta estação.

Árvore-do-ambar (Liquidambar styraciflua)

É uma árvore de folha caduca e crescimento lento nos primeiros anos mas à qual é impossível ficarmos indiferentes no outono a uma alameda destas árvores maravilhosas, é como se um clarão encarnado ilumina-se o jardim! Esta árvore tem a particularidade de as suas folhas serem verdes na primavera e no verão e no outono ficam encarnadas, quanto mais frio mais a cor se acentua. Precisa e merece espaço para se desenvolver, deve ser plantado em jardins grandes, isolado ou formando uma alameda.

Altura: 10-12 m

Propagação: Semente

Época de plantação: Outono

Condições de cultivo: Deve ser cultivado sob sol pleno, preferencialmente em solos areno-argilosos, neutros, húmidos mas bem drenados para um pleno desenvolvimento radicular, resiste a frio, geadas e neve.

Manutenção: Deve ser regada nos primeiros anos, devem ser feitas podas de limpeza apenas para retirar ramos mortos ou doentes.

Romãnzeira (Punica granatum)

Um ícone dos frutos de outono, parecem verdadeiros enfeites de natal fora de época! Uma pequena árvore de folha caduca que se pode utilizar em qualquer tipo de jardim em vaso desde que este tenha pelo menos 60 cm de diâmetro e de profundidade. É uma boa opção para jardins pequenos, varandas ou terraços com espaço.

Altura: 2-3 m

Propagação: Semente

Época de plantação: Outono

Condições de cultivo: Sol pleno. Pode ser cultivada em quase todo o tipo de solos, preferindo os profundos. Rústica, tolera moderadamente a salinidade, as secas e o encharcamento. Resiste às temperaturas baixas de inverno e é sensível às geadas tardias de primavera.

Manutenção: Não necessita de grande cuidados de manutenção, fertilização na primavera e final do verão e uma poda de limpeza após frutificação.

Dióspiro (Dyspiros kaki)

Mais uma pequena árvore de folha caduca, excelente para colocar em pequenos jardins ou até em vaso se este tiver uma dimensão de pelo menos 60 cm de diâmetro e profundidade. Os frutos deliciosos são uma das produções mais emblemáticas do outono, ideal para quem quer ter um jardim produtivo.

Altura: 2-2,5 m

Propagação: Plantas enxertadas

Época de plantação: Outono/primavera

Condições de cultivo: Sol pleno. Pode ser cultivada em quase todo o tipo de solos desde que bem drenados. Antes da plantação o terreno deve ser bem cavado e fertilizado.

Manutenção: Não necessita de grande cuidados de manutenção, fertilização na primavera e final do verão e uma poda de limpeza após frutificação, não gosta de podas muito radicais.

Vinha-virgem (Partenocissus tricuspidata/Partenocissus quinquefolia)

Uma trepadeira de folha caduca que é rainha nesta estação, pode ser utilizada em paredes, muros, pérgulas, treliças, sozinha ou conjugada com trepadeiras de folha persistente como a hera fica muito bem. Na primavera e no verão as folhas são verde-escuro brilhante e no outono pintam-se de encarnado, um espetáculo imperdível!

Altura: Até 8 m

Propagação: Estaca

Época de plantação: Outono/primavera

Condições de cultivo: Sol pleno, meia sombra, solo bem drenado com matéria orgânica. Tolera o ar do mar.

Manutenção: Regas regulares, poda no inverno, condução anual para não perder a forma e garantirmos uma cobertura total da estrutura de apoio.

Gazânia (Gazania rigens)

Uma herbácea que é um clássico dos jardins, tem uma floração exuberante em tons de amarelo, cor-de-laranja e ferrugem. Uma excelente opção para canteiros, vasos e floreiras. Tem a particularidade de as flores fecharem à noite e abrirem durante o dia.

Altura: 10-30 cm

Propagação: Por divisão de plantas ou estaca.

Época de plantação: Outono

Condições de cultivo: Sol pleno, meia sombra, todo o tipo de solos mesmo os mais pobres desde que bem drenados. Muito resistente ao calor, não suporta geadas e temperaturas muito baixas.

Manutenção: Regas regulares, dividir as plantas antes da primavera e fertilizar o solo.

Fotos: Thinkstock

Gostou deste artigo? Subscreva o canal da Jardins no Youtube e siga-nos no Facebook e no Instagram

Poderá Também Gostar