Plantas

Orquídeas: tempo de crescer

Ascocentrum miniatum

 

Chegámos ao verão com a sensação de não termos tido uma primavera a sério. Tempo instável e com temperaturas abaixo da média. No entanto, estas condições podem até ser favoráveis a orquídeas que estejam no exterior pois não tiveram ainda que suportar temperaturas muito altas e que as podem fragilizar. Segundo as previsões o nosso verão será mais parecido com uma primavera. Estas condições são boas para as orquídeas que, em muitas zonas do nosso país, sofrem todos os anos com os nossos verões quentes e secos.

Em julho, quem não o fez ainda, deverá colocar rede de sombra nas estufas ou locais mais luminosos. Conforme a temperatura e a humidade no local onde estão as orquídeas, deverá aumentar a circulação de ar e a frequência das regas. Os reenvasamentos continuam para quem não terminou essa tarefa ou para quem tinha plantas em flor. É um trabalho constante para o orquidófilo.

No meu jardim e estufa os Bulbophyllum continuam a florir. As Phalaenopsis também estão em flor e outras repetem as suas florações ano após ano, como o Ascocentrum miniatum com as suas flores cor de laranja vibrante.

Bulbophyllum 

 

Uma leitora perguntou-me se as orquídeas tinham uma época de floração própria porque algumas das suas plantas pareciam estar a florir ‘fora de época’. É uma questão interessante e as várias espécies de orquídeas terão, com certeza, as suas estações de floração no seus habitats naturais.

No entanto, as orquídeas que temos nas nossas casas estão longe dos seus habitats. Lado a lado temos orquídeas vindas da Ásia, de Madagáscar e da América do Sul e de tantos outros locais diferentes e com condições diferentes. Nos seus habitats os estímulos à floração são sazonais, nas nossas casas ou nas nossas estufas, onde os ambientes que criamos são artificiais.

Uma planta pode florir em qualquer altura do ano quando esses estímulos ambientais são atingidos. No entanto, como mantenho um registo das florações das minhas plantas, posso observar que muitas orquídeas, mesmo em condições artificiais, são muito pontuais nas suas florações. Nas que não são pontuais, as suas florações são alegres surpresas sempre bem vindas.

Cochonilha

 

A chegada do verão é nas orquídeas um tempo de crescimento. Mas não são só estas plantas que gostam das temperaturas mais amenas… Também as pragas proliferam: piolhos, pulgões, e principalmente os vários tipos de cochonilhas. De facto, são um problema quando a temperatura aumenta em ambientes húmidos. E são muito difíceis de erradicar. Soluções liquidas de sabão (ou detergente) com umas gotas de óleo vegetal costumam ser eficientes para limpeza ou prevenção destas pragas.

No entanto, se formos apanhados de surpresa e descobrirmos plantas já muito atacadas, a melhor solução será recorrermos a um insecticida próprio que encontramos em qualquer centro de jardinagem.

Qualquer que seja o método de combate a estas pragas, as plantas têm sempre que ser limpas com um algodão ou cotonete embebidos na solução. É aconselhável que sejam colocadas em quarentena num local afastado de outras plantas para evitar contágios.

Lesma

 

Caracóis e lesmas são das pestes que, em pouco tempo, podem causar maior dano a uma planta. A sua ‘lentidão’ é aparente pois numa noite podem danificar as folhas de uma planta ou arruinar uma floração. Existem várias teorias e mesinhas caseiras que prometem atrair e capturar esses ‘monstros comilões’. Mas não percam tempo em experiências e partam para a caça.

É de noite que estão ativas e se notarem que uma planta está danificada por um desses moluscos, não movam a planta de local. Deixem tudo como estava e inspeccionem a planta na noite seguinte, com uma lanterna. É quase certo que apanham ‘ o criminoso’ em flagrante.

Os caracóis e as lesmas quando encontram um petisco não descansam enquanto não o comem! Até voltam ao mesmo local nas noites seguintes. É a nossa oportunidade para os eliminarmos. Boa caçada!

Gostou deste artigo? Subscreva o nosso canal no Youtube e siga-nos no Facebook, no Instagram e no Pinterest.

Poderá Também Gostar