Aromáticas e Medicinais

Propriedades do funcho

Funcho

O funcho é um diurético natural e promove a saúde do fígado, dos rins e do baço. Como muitos vegetais, contém fitoquímicos, incluindo a rutina, a quercetina e o caempferol, que atuam como poderosos antioxidantes.

A rutina fortalece os vasos capilares, melhorando a má circulação, enquanto a quercetina evita doenças inflamatórias como a asma. Provou-se que o caempferol reduz o risco de doenças cardíacas. O anetole outro composto presente no funcho, é um antiespasmódico, que evita espasmos intestinais, de que sofrem muitas vezes as pessoas com síndrome do cólon irritável.

Ao nível de nutrientes, o funcho é composto por vitaminas B3, B5, C, E, K, betacaroteno, biotina, folato, cálcio, iodo, ferro, magnésio, manganés, fósforo, potássio, selénio, zinco e fibra.

Este bolbo verde é muito rico em antioxidantes que evitam diversas doenças e pode ser comido cru ou cozinhado. Fique agora aqui com algumas receitas a fazer com esta planta e tire o melhor partido das suas propriedades.

Funcho salteado

Ingredientes
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 2 bolbos de funcho, limpos e com rodelas finas
  • 8 dentes de alho
  • Pimenta preta moída
Preparação

Aquece o azeite numa frigideira, junte o funcho e frite levemente o alho até ficar ligeiramente mole. Tempere com pimenta preta. Sirva como acompanhamento ou com pão integral estaladiço e queijo.

O funcho é recomendado, por muitos nutricionistas, para perder peso, possuindo propriedades que fazem reduzir o apetite e que criam a sensação de que o estômago está cheio. Este sumo, põe-nos qualquer um em forma depois de uma patuscada.

Sumo de pepino, aipo, abóbora e funcho

Ingredientes
  • ½ pepino, cortado em pedaços
  • 3 talos de aipo, incluindo a parte superior, cortados em pedaços
  • ½ abóbora descascada (sem as sementes) e cortada em pedaços
  • 2 bolbos de funcho aos quartos
Preparação

Esprema alternadamente os pedaços de pepino, aipo, abóbora e funcho num espremedor. Mexa e beba imediatamente.

Fotos: GettyImages

Livros “Top 100 alimentos que curam” de Paula Bartimeus e “Top 100 sumos”  de Sarah Owen

Gostou deste artigo?
Então leia a nossa Revista, subscreva o canal da Jardins no Youtube, e siga-nos no Facebook, Instagram e Pinterest.


Poderá Também Gostar