Tarefas da Semana

Tarefas da semana: 13 a 19 de junho

Nos dias 13 a 19 faça sementeiras

Hortelã

A hortelã (Mentha spp.) pertence à família Lamiaceae, conhecida pelos seus caules angulosos e aromas fortes. Existem muitas variedades para escolher, como por exemplo hortelã-pimenta, hortelã-maçã, hortelã-chocolate ou até hortelã-gengibre.

As melhores condições de crescimento para hortelã envolvem bastante humidade e alguma sombra. Dê muito sol matinal ao hortelã, sombra à tarde e solo húmido carregado com muita matéria orgânica. Nestas condições, a hortelã vai começar a espalhar-se vigorosamente através de caules subterrâneos e estolhos superficiais, por isso tenha cuidado se não quer que ela invada todo o jardim.

Algumas pessoas cultivam hortelã em vasos para evitar esse problema. É uma planta ligeiramente difícil de crescer a partir de sementes, ou pelo menos mais demorada se escolher esse método, mas muito fácil de crescer a partir de estacas ou pedaços de rizomas com folhas.

Basta pegar num pedaço de hortelã, remover as folhas inferiores e colocá-lo num copo de água. Dentro de uma semana pequenas raízes brancas aparecerão na água, e depois espere mais uma semana para que essas raízes fiquem mais fortes e plante num vaso ou diretamente no jardim.

Mantenha bem regada até que a nova planta se estabeleça em local definitivo. A hortelã pode sobreviver com o mínimo de fertilização, desde que receba muita água. Se, no entanto, quiser muitas folhas de hortelã exuberantes, precisará de fertilizar bem em adição às regas generosas.

A poda geralmente não é necessária se colher hastes regularmente para cozinhar. No entanto, às vezes, pedaços de hortelã podem ficar velhos, especialmente se não tiver sido alimentado ou regado o suficiente. Se isso acontecer, pode podar intensamente os caules até o chão, o que vai incentivar o desenvolvimento de novos brotos.

No dia 13 cuide das plantas de flor

Estrelícia

A Strelitzia reginae é uma das plantas hortícolas perenes mais populares em todo o mundo. Floresce por longos períodos com as suas inflorescências de laranja e roxo/azul brilhante e é uma planta para jardim ou vaso grande, e muito usada como flor de corte em bouquets.

Se quiser ver muito crescimento e, eventualmente, flores abundantes, precisará de luz brilhante e um pouco de sol. Uma janela voltada para este ou oeste deve servir, se cultivada em casa. Melhor opção poderá ser uma janela virada para o sul se alguma proteção for dada contra o sol intenso do verão, que pode queimar as folhas de plantas jovens.

A quantidade de água necessária dependerá de onde tiver a planta. Uma boa regra é regar apenas quando a superfície do solo ficar seca. Se o ar estiver muito seco, uma pulverização ocasional e limpeza com pano pode ser útil para remover a poeira que se acumula nas folhas.

Estas plantas são normalmente muito exigentes em nutrientes, pois como estão em crescimentos rápidos grande parte do ano, precisam de bom fertilizante uma vez por mês. Mas pare de as adubar durante os três ou quatro meses de inverno.

Nos dias 18 e 19 colha as suas plantas e frutos

Cereja

A primeira colheita abundante pode demorar entre 5 a 10 anos após o plantio da sua cerejeira, ocorrendo durante os meses de maio, junho e julho, dependendo da variedade.

Um sinal de que as cerejas estão maduras é quando os pássaros começam a comê-las da árvore, por isso tenha atenção e aceite que talvez seja melhor colhê-las ligeiramente verdes do que tarde demais. Contudo, tenha em conta que as cerejas são frutos não-climatéricos, ou seja, não amadurecerão depois de colhidos da árvore, ao contrário do que aconteceria com a banana ou a maçã, por exemplo.

Se quiser garantir que os frutos duram mais depois de colhidos, procure colher ainda com as hastes presas para não ferir a cereja, evitando assim que desidrate tanto. Mas se a colheita for para cozinhar ou conservar, deixe os caules na árvore para facilitar.

No frigorífico, as cerejas podem ser armazenadas por 10 dias, tendo uma conservação mais fácil do que os morangos e outros frutos vermelhos como as amoras, que amolecem e apodrecem muito mais rapidamente após a colheita.

Gostou deste artigo?
Então leia a nossa Revista, subscreva o canal da Jardins no Youtube, e siga-nos no Facebook, Instagram e Pinterest.


Poderá Também Gostar