Tarefas da Semana

Tarefas da semana: 20 a 26 de outubro

Uma semana em que finalmente a chuva chegou, o que é essencial para regar as sementeiras de outono-inverno e para combater a seca que infelizmente se faz sentir de norte a sul do país.

É boa semana para fazer sementeiras e plantações pois não vai ter de se preocupar com a rega. Como ainda estão altas as temperaturas e com esta humidade, as infestantes, as pragas e as doenças começam a atacar. Devemos estar atentos e combatê-las desde o início.

Os dias 20 a 21 são os ideais para plantar ou semear flores

Estrela-do-Egito

Conheci esta planta há pouco tempo, mas fiquei rendida, é uma herbácea perene, com 40-60 cm de altura, uma floração que se prolonga até ao final do outono em tons de encarnado, cor-de-rosa e roxo, ou branca.

Pode ser facilmente cultivada em vasos e floreiras, atrai muitas borboletas. É uma excelente opção para floreiras, jardins, varandas e terraços, para garantir uma floração de outono-inverno.

Condições de cultivo

Prefere zonas de sol pleno, necessita solos férteis, bem drenados e ricos em matéria orgânica. Deve ser fertilizada quando da plantação, e na primavera e verão pelo menos. Necessita regas regulares é tolerante ao frio. Multiplica-se facilmente por estaca ou semente.

O dia 22 é o ideal para plantar e semear folhas

Espinafre-da-Nova-Zelândia

Em Portugal, os espinafres-da-nova-zelândia podem ser uma boa alternativa aos espinafres verdadeiros, embora não sejam tão tenros, são muito saborosos e muito mais resistentes ao calor e à secura.

Apesar de serem plantas anuais, se os deixarmos desenvolver completamente, autossemeiam-se e podemos usufruir deles durante muitos anos.

Condições de cultivo e manutenção

Gostam de locais com sol mas com alguma frescura e  solos com bastante matéria orgânica, pois gostam de humidade. Para isso pode também cobrir a terra com uma boa camada de mulching orgânico (casca de pinheiro, estilha de madeira ou palha).

Plante no início do outono ou da primavera e prepare-se para os colher em poucas semanas pois crescem rapidamente e são bons tenros. Se semear, depois de criarem as primeiras folhas verdadeiras, desbaste de modo a ficarem com cerca de 15 cm entre eles.

Colha as folhas assim que tiverem tamanho suficiente. Estas podem ser comidas em cru ou cozinhadas e são muito fáceis de congelar, pois conseguem manter a cor e o sabor.

Propriedades e benefícios do espinafre-da-nova- Zelândia

Excelente alimento para dietas, tem apenas 14 Kcal/100g, muito rico em vitamina C, cálcio, ferro e magnésio. Rico em fibras, é um ótimo alimento para regular os intestinos. Consome-se preferencialmente cozinhado.

Os dias 23, 24 e 25 são os ideais para cultivar frutos

Mirtilos

Cada vez há mais pessoas a quererem cultivar os seus frutos vermelhos no jardim, na horta, ou mesmo no terraço ou na varanda, os mirtilos são fáceis de cultivar desde que sejam zonas com horas de frio suficientes por ano.

Condições de cultivo e manutenção

Zonas com muito sol, de preferência viradas a sul, onde não haja geadas. Gostam de solos arenosos, leves, com  com boa drenagem. O solo deve ter um pH ácido, entre 4,5 e 5,5.

Necessitam de pelo menos 700 horas de temperaturas em torno dos 10 ºC durante a fase de dormência e não gostam de temperaturas demasiado altas no verão. Podem ser cultivados em vasos.

Quando os frutos começam a amadurecer, pode usar-se rede para os proteger do apetite dos pássaros. Convém ter pelo menos duas plantas para se realizar a polinização cruzada, obtendo frutos maiores e mais cedo.

É necessário fazer uma monda para evitar a competição de outras plantas, uma vez que são plantas de baixo porte com raízes pouco profundas.  A poda estimula a floração e aumenta a produção de bagas.

A rega é importante e deve ser aplicada com sistema gota  a gota, visto que as raízes são superficiais. A fertilização deve ser feita no final do inverno, tendo em conta que uma fertilização excessiva pode danificar a planta e comprometer a colheita.

Propriedades e benefícios dos mirtilos

São frutos ricos em vitaminas A, B, C e K, e em minerais como o potássio, cálcio, magnésio, ferro, zinco e selénio. Ricos em antioxidantes com as antocianinas, os flavonóides e os compostos fenólicos.

Fazem bem ao sistema circulatório, aos olhos e ajudam a regular a tensão arterial e o colesterol. Combatem e previnem as infeções urinárias.

O dia 26 é o ideal para plantar e semear raízes

Beterraba

Foram os romanos que batizaram de beta a beterraba e os árabes chamavam-lhe selg (tendo passado para o português como celga ou acelga pelas semelhanças das folhas).

Existem variedades de cor branca, dourada ou até com anéis concêntricos de polpa branca e vermelha. O formato habitual é o arredondado, embora existam também algumas variedades achatadas, cilíndricas ou até afuniladas.

Cuidados de cultivo

A beterraba gosta de um terreno solto e bem drenado e de uma exposição solar plena. Deve fertilizar-se o terreno quando da sementeira.

Semeie em regos superficiais de 1 cm de profundidade e separados por 20 cm. Por serem sementes muito pequenas, é difícil conseguir acertar na quantidade, por isso o melhor é semear finamente e desbastar posteriormente.

Os cuidados de cultivo são poucos. Basta

fazerem-se mondas regulares (tendo cuidado para não as ferir durante este processo) e nunca deixar a terra secar demasiado.

Propriedades e benefícios da beterraba

A beterraba é rica em fibras que ajudam ao funcionamento do aparelho digestivo. A betaína funciona como anti-inflamatório e é utilizada na prevenção de algumas formas de cancro. Como perdem propriedades durante o processo de cozedura, o ideal é consumi-las cruas.

Nos dias 25 e 26 combata as pragas e as doenças

Nesta semana com humidade e temperaturas altas muitas são as pragas e doenças que vão aparecer, estejam atentos a alterações nas vossas plantas, principalmente o aparecimento de manchas, pintas, necroses, etc. Quando mais cedo atuar maior será o sucesso.

Gostou deste artigo?
Então subscreva o canal da Jardins no Youtube, e siga-nos no Facebook, Instagram e Pinterest.

Poderá Também Gostar