Conselhos

Vídeo: As melhores sebes para o seu jardim

Fomos à Viplant Oeiras Garden ensinar-lhe quais são as melhores sebes para o seu jardim. As sebes são alinhamentos de árvores ou arbustos, neste caso de arbustos, plantados em fila e com um espaçamento curto, que varia de espécie para espécie. A altura e forma vai variar consoante as plantas usadas. Podem ser mais formais, talhadas, ou mais informais, deixando os arbustos crescer livremente, ou floridas se optarmos por arbustos com flor exuberante. Uma característica que todas as plantas que se usam em sebe devem ter é: aguentarem bem a poda, pois todas as sebes necessitam de ser podadas anualmente e algumas várias vezes por ano. As sebes são essenciais pois delimitam o espaço, criam privacidade, protegem das vistas e do ruído e promovem a biodiversidade.

Eis algumas das plantas mais usadas em sebes e que pode plantar já no seu jardim, varanda ou terraço.

Eugénia

Eugenia mirtifolia

Uma das sebes mais versáteis e mais bonitas. Dá-se em todo o tipo de jardim e também em vaso ou floreira. Tem folha persistente, verde brilhante com rebentos encarnados ou cor de laranja, flor branca e fruto cor-de-rosa, comestível. Tem um crescimento rápido e faz uma sebe densa e compacta rapidamente.

Condições de cultivo:

  • Prefere zonas com sol mas tolera meia sombra.
  • Necessita solos bem drenados e ricos em matéria orgânica, necessita fertilizações na primavera e outono. Deve ser regada regularmente quando está mais calor.
  • O compasso de plantação deve ser de 0,6-1 m.
  • Necessita duas a três podas ano para manter a forma pretendida.
  • Resistente a pragas e doenças.
  • Deve ser fertilizada pelo menos duas vezes por ano, inicio da primavera e final do verão.

Metrosideros

Metrosideros excelsea

Uma árvore de folha persistente, verde acinzentada que em Portugal se utiliza como arbusto para sebes. Tem uma flor encarnada muito ornamental, no seu pais de origem (Nova Zelandia) é chamada de pinheiro-de-Natal pois está em flor em dezembro e janeiro. Tem um crescimento lento mas é a sebe ideal para zonas costeiras pois é muito resistente ao ar do mar e ao vento. Pode cultivar-se em vaso ou floreira devendo podar-se regularmente para não ficar muito grande.

Condições de cultivo:

  • Zonas com muitas horas de sol direto por dia.
  • Pouco exigente em termos de solo, dá-se em qualquer tipo de solo, desde que bem drenado.
  • Resistente à secura deve ser regada regularmente quando está mais calor.
  • O compasso de plantação deve ser de 0,6-1 m.
  • Necessita duas podas ano para manter a forma pretendida.
  • Resistente a pragas e doenças.
  • Deve ser fertilizada pelo menos duas vezes por ano, inicio da primavera e final do verão.

Loendro ou cevadilha

Nerium oleander

Este é um arbusto muito resistente, de folha persistente,  com uma floração exuberante que se pode prolongar quase todo o ano,  com cores como branco, cor-de-rosa ou encarnado. Muito resistente à secura, ao vento, ao frio e ao calor e a pragas e doenças.  É uma boa escolha para uma sebe alta (pode atingir facilmente 2-3 m) num jardim com espaço pois cresce também muito para os lados. Deve ter-se cuidado com as crianças pois todas as partes desta planta são venenosas, caules, folhas, flores e frutos.

Fácil de cultivar em vaso ou em floreira.

Condições de cultivo:

  • Zonas com muitas horas de sol direto por dia.
  • Pouco exigente em termos de solo, dá-se em qualquer tipo de solo, desde que bem drenado.
  • Resistente à secura deve ser regada regularmente quando está mais calor.
  • O compasso de plantação deve ser de 1-1,2 m.
  • Necessita duas podas ano para manter a forma pretendida.
  • Resistente a pragas e doenças.
  • Deve ser fertilizada pelo menos duas vezes por ano, início da primavera e final do verão.
  • Deve ser podado depois da floração, normalmente no outono ou inverno.

Hibisco

Hibiscus rosa-sinensis

Este é um arbusto de folha persistente absolutamente essencial para ter no jardim, na varanda ou no terraço. Com a sua floração exuberante, cor-de-rosa, encarnada, amarela, salmão ou branca. Fica muito bem em sebes floridas. Fácil de cultivar em vaso ou floreira. De crescimento não muito rápido, por vezes leva algum tempo a adaptar-se mas depois de instalado cresce bem e dá muito flor.

Condições de cultivo:

  • Gosta de zonas com muito sol, mas tolera meia sombra, desde que tenha sol direto pelo menos 3 ou 4 horas por dia.
  • Necessita solos bem drenados e fertilizados, para se garantir uma boa floração devem ser fertilizados mensalmente na primavera e no verão, durante os meses que está em flor. Deve ter atenção a pragas e doenças e tratar assim que apareçampois é uma planta sensível neste aspeto.
  • Devem ser podados no final de floração, de preferência no final do inverno ou início a primavera.

Gostou deste artigo? Subscreva o canal da Jardins no Youtube e siga-nos no Facebook e no Instagram.

Poderá Também Gostar