Decoração

Como escolher vasos e plantas para decorar jardins

 

 

Os vasos são um elemento com muito potencial para utilizar na conceção e decoração de jardins! Com eles pode combinar as cores e texturas das plantas de uma forma interessante, versátil e prática.

Permitem a composição de espécies de plantas muito diversas, proporcionando a criação de estilos diferentes, enquadrados na decoração do local onde os pretende colocar.

Existe uma variedade de materiais, cores e texturas que pode ser explorada, de forma a criar um arranjo de plantas com um estilo particular. Ou apenas para adicionar cor e vida a um determinado local. Mude o seu espaço, independentemente de ser uma varanda; um terraço; um deck ou aquele recanto onde gosta tanto de estar tranquilamente a ler e a apreciar um bom momento de lazer!

O design de vasos envolve o entendimento de vários aspetos que contrastam com a composição de plantas num canteiro:

Cores

✦ O local de exposição é mais reduzido e mais concentrado;

✦ O branco é uma cor base que ajuda a sobressair muitas outras como o laranja e o encarnado;

✦ Cores como o roxo podem proporcionar um arranjo vistoso com o amarelo;

✦ Simplifique não misturando muitas cores num só vaso;

✦ A cor do vaso pode ajudar a sobressair a cor das plantas utilizadas.

Texturas

✦ Texturas menos comuns motivam a aproximação das pessoas para tocar e sentir;

✦ As texturas estão associadas ao tipo de ambiente, como é o caso das folhas macias que estão associadas a ambientes relaxados;

✦ O contraste de texturas chama a atenção para as plantas. Experimente misturar um Agave com um Asparagus;

✦ Combine a textura da planta com a do vaso para que ambos sejam realçados.

Tamanho e proporcionalidade

✦ Preveja o tamanho que a planta escolhida para o vaso irá alcançar para que o efeito desejado se mantenha ao longo do tempo, principalmente quando combinar diferentes espécies juntas;

✦ A disposição de plantas de tamanhos diferentes no vaso irá mudar conforme a localização do vaso no espaço e o local de onde será contemplado.

Materiais dos vasos

✦ A madeira para o exterior transmite um ar natural. Se não for de boa qualidade, exige um tratamento todos os anos para proteger das intempéries;

✦ A terracota é um material pesado e poroso. Exige que se reguem as plantas com maior frequência;

✦ A pedra é pesada e pode ser dispendiosa, mas é muito resistente;

✦ O metal imprime bons acabamentos. No entanto, se não for de boa qualidade pode enferrujar e facilmente amolgar;

✦ Os sintéticos como a resina e os plásticos são leves e económicos. Mas se a qualidade não for boa, podem ser visualmente pouco apelativos e alterar a sua cor ao longo do tempo quando expostos ao sol.

✦ As plantas em vasos irão ter menos solo e nutrientes disponíveis que num canteiro, pelo que irão competir mais pelo espaço. É importante por isso que a escolha das plantas para colocar em vaso seja feita tendo em conta os seguintes critérios:

✦ Aspeto saudável e com vigor, sem sinais de manchas e pintas nas folhas e flores, ou ervas daninhas no vaso;

✦ As raízes não devem estar apertadas e a crescer para fora no fundo do vaso. Para efetuar esta verificação, levante a planta do vaso para observar o comportamento das raízes;

✦ Se a planta apresentar as folhas amareladas, pode ser sinal de subnutrição;

✦ Em algumas plantas, o aparecimento de muitos rebentos a partir da base, com a planta já formada, pode ser um sinal de que a planta passou por um período de seca e pode ter ficado debilitada.

 

 

Como no mundo das plantas existem muitas combinações possíveis, escolhi algumas que em seguida apresento, no sentido de deixar ficar algumas ideias para vários ambientes e localizações:

Sombra

✦ Misture Heuchera com Asparagus e Aspidistra. A cor rubra da Heuchera contrasta muito bem com o verde do Asparagus. A Aspidistra fará um contraste na textura e na proporção, por ser mais alta, ficará localizada atrás.

Sol

✦ Coloque uma Cordyline australis no meio do vaso e rodeie-a de Osteospermum jucundum ou Lotus maculatus;

Sol / Sombra parcial

✦ Para uma combinação de cores mais exuberantes, proponho a mistura de Petunia com flores vermelhas e/ou com cores cereja com a Vinca minor, de folha pequena e comportamento pendente. Pode dar um toque mais vistoso misturando no centro uma Hakonechloa macra ou um Carex oshimensis ‘Evergold’;

Espero que se divirta a decorar o seu jardim e a praticar a jardinagem em vasos!

Fotos: Thinkstock

Gostou deste artigo? Subscreva o canal da Jardins no Youtube e siga-nos no Facebook e no Instagram.

Poderá Também Gostar