Decoração Varandas e Terraços

Como ter um terraço sempre impecável

Independentemente do tamanho do seu terraço ou alpendre, as plantas devem sentir-se bem nestes espaços. São uma boa alternativa para quem não tem jardim e permitem desfrutar das plantas em ambiente exterior. Conheça as principais regras para manter o seu espaço ordenado e saudável.

1ª Regra

Cuidado com o peso dos vasos

Quando fizer a distribuição dos vasos e das floreiras pelo terraço, tenha em conta o respetivo peso, porque quando cheios de terra ficam praticamente impossíveis de transportar à mão. Tenha em conta o seguinte:

  • Compre sempre floreiras leves. As de resina sintética ou fibra de vidro são as que menos pesam.
  • Não faça grandes grupos de vasos. Desta forma, evita que o peso de concentre numa única zona do terraço.
  • A margem do terraço é a parte mais resistente do solo. Por isso, distribua os vasos mais pesados pelas esquinas e arredores do terraço.
  • Nunca coloque um vaso grande no centro do terraço porque além de ocupar muito espaço, este é o local menos resistente ao peso.
  • Opte por substratos ligeiros, como a terra de turfa e o composto para vasos.
  • Os vasos suspensos são uma boa solução porque não contribuem para acumular peso.

2ª Regra

Calda de urtigas: inseticida eficaz

Um dos melhores inseticidas naturais com que pode proteger as suas plantas é a calda de urtigas. Para preparar a calda, faça o seguinte:

  • Num balde opaco e sem tampa (preferencialmente de plástico), coloque 1 kg de folhas de urtigas e 10 litros de água (se for da chuva, melhor).
  • Cubra o recipiente e deixe macerar durante 10 a 15 dias e remexa de vez em quando.
  • Depois de macerado, dilua um aparte da calda por cada 7 de água e pulverize sobre as folhas das plantas.
  • Utilize sempre luvas durante a aplicação da calda, assim como uma máscara.

3ª Regra

Pedras, gravilha e cortiça para regar menos

Se pretende poupar água sem que a saúde das plantas se ressinta, tome nota:

  • Cubra a superfície do substrato com casca de pinho, gravilha ou bolas de argila para reter a humidade por mais tempo.
  • Use espécies resistentes à seca (necessitam menos rega).
  • Regue durante a madrugada ou ao entardecer. É quando a evaporação é menor, principalmente nos meses de verão.
  • Coloque à sombra as espécies mais sensíveis ao sol.
  • Agrupe as plantas para criar um micro-clima húmido.

4ª Regra

Proteja os vasos das geadas

Depois do verão e quando o outono se instalou definitivamente no seu terraço, deve colocar em marcha o plano de inverno para as espécies de origem tropical ou subtropical, porque não podem ficar ao ar livre.

  • Apenas uma geada noturna pode ser suficiente para algumas variedades. Coloque em casa as mais sensíveis.
  • O mesmo sucede com os vasos. Os de terracota, caso não sejam protegidos do frio e do gelo, podem quebrar.
  • Depois do inverno, retire os vasos para o exterior, desde que não exista risco de geadas.

5ª Regra

Transplante sempre que necessário

Para ter um terraço explêndido deve cuidar de forma minuciosa as plantas porque o cultivo em vasos exige mais trabalho que o jardim.

  • A rega deve ser mais regular. Adube periodicamente.
  • Quando as raízes saem pelos furos de drenagem, mude o recipiente à planta.
  • Plante exemplares arbustivos e arbóreos que despertam interesse no terraço durante o inverno.
  • Elimine as flores e as folhas murchas para que não venham a ser um foco de problemas.

Fotos: Thinkstock

Gostou deste artigo? Subscreva o canal da Jardins no Youtube e siga-nos no Facebook e no Instagram

Poderá Também Gostar