Manutenção Geral

Está na hora de podar e limpar

Buganvília

Nesta época, parece que pouco há a fazer no jardim ou no terraço, mas, embora não seja a altura mais exigente em termos de trabalhos de jardinagem, é uma época em que nos podemos dedicar a fazer aquilo que nunca temos tempo no resto do ano.

Poda e limpeza das trepadeiras de folha caduca

Trepadeiras como as buganvílias (que podem ser de folha caduca ou persistente consoante as temperaturas e as zonas onde se cultivam) devem ser podadas e limpas nesta época do ano; aproveite para remover os ramos secos, doentes ou mal inseridos, bem como cortar pela base alguns ramos que não estejam nas melhores condições e que estejam a tornar a estrutura da planta muito pesada.

Devem podar-se os ramos que crescem para fora (o objetivo de uma trepadeira é que se encoste à parede ou ao muro) e conduzir aqueles que estão soltos. Se a distribuição ao longo da parede não for homogénea, puxe os ramos maiores para taparem as zonas “carecas”, fixando os ramos à estrutura de apoio.

Aproveite para ver: Como podar buganvílias

Tradescância purpúrea

Poda e limpeza de herbáceas de revestimento

As herbáceas de revestimento como as tradescâncias, hera, vinca, etc., que muitas vezes se utilizam para cobrir os canteiros, taludes, floreiras, etc., devem ser limpas e podadas pelo menos uma vez por ano.

Esta é uma excelente altura para o fazer.

Remova os ramos mais danificados, secos, os que estão muito emaranhados, bem como os que estão compridos demais para a finalidade que pretende. Aproveite e faça estacaria que poderá utilizar em outras zonas ou para densificar áreas cuja cobertura não esteja completa.

Estrelícia (ave-do-paraíso)

Limpeza de herbáceas de folha persistente

As estrelícias (Strelizia reginae) são um exemplo do tipo de planta que se deve limpar nesta época. Estas plantas de origem tropical são um clássico nos jardins em Portugal. São lindas, presenteando-nos com uma floração prolongada (que se inicia na primavera e se prolonga até ao final do outono e, muitas vezes, até ao início do inverno), gostam de zonas com muito sol, necessitam de ser fertilizadas pelo menos duas vezes por ano (início da primavera e verão) e regadas nos períodos mais quentes; se não forem regadas, a sua floração é menos exuberante.

Aproveite para ver: Como podar estrelícias

Além disso, necessitam de ser limpas após a floração, removendo desde a base as hastes florais secas e as folhas secas, doentes e danificadas; desta forma, a planta vai ficar mais saudável e mais resistente, uma vez que muitas vezes estas flores e folhas secas são fontes de pragas e doenças.

Aproveite todos estes restos de poda para fazer compostagem e assim fabricar de forma gratuita um excelente fertilizante natural.

Fotos: Thinkstock

Gostou deste artigo? Subscreva o nosso canal no Youtube e siga-nos no Facebook, no Instagram e no Pinterest.

Poderá Também Gostar