Conselhos Cultivar Bio

Fertilize as suas plantas de forma fácil, orgânica e económica

Hoje em dia todos nós procuramos fazer uma alimentação saudável e que não comprometa a segurança alimentar das gerações vindouras. Ora, se isto se aplica a nós, porque não alimentar também os nossos vegetais de forma igualmente orgânica e económica?

Vai ver que existem variadas formas de abonar o seu jardim que não implicam o uso de quaisquer químicos sintetizados.

As plantas precisam principalmente de azoto, fósforo e potássio. Precisam ainda de alguns micronutrientes tais como magnésio, cálcio e enxofre.

Com tantos elementos químicos à mistura, torna-se difícil acreditar na utilização das sobras orgânicas da nossa cozinha e do jardim. Mas a verdade é que esta biomassa é rica em nutrientes chave para plantas em vaso, horta ou no jardim.

Vejamos então como fazer alguns fertilizantes caseiros bastante fáceis e eficazes:

Cascas de ovos

Visto serem muito ricas em cálcio, são essenciais para o bom crescimento celular das todas as espécies de plantas. Por exemplo, quando certos frutos racham ou adquirem manchas negras, isso provavelmente será por falta de cálcio no solo.

Modo de utilização

Esmague ou pulverize as cascas e misture-as simplesmente com a terra na base das plantas com sinais de carência. Se fizer este processo manualmente, é indicado o uso de luvas resistentes para que evite cortes ou lesões nas mãos.

Cascas de banana

Muitíssimo ricas em potássio, fósforo e cálcio, as cascas desta fruta dourada ajudam à floração e frutificação das plantas.

Modo de utilização

Enterre-as na camada superior de solo junto aos pés das plantas. Depois vá-se embora e deixe a natureza fazer o seu trabalho!

Se as suas bananas estiverem maduras demais, então não as deite fora. Congele-as para as usar mais tarde, quando necessário. Se preferir, pode sempre pô-las em água por dois ou três dias. Depois dessa demolha, encha um pulverizador e pulverize as folhas das suas plantas.

Chorume de aparas do relvado

Esta é outra forma de fazer um fertilizante líquido. Rico em azoto, enquanto lhe permite dar bom uso às aparas da sua relva.

Modo de utilização

Encha um recipiente com aparas, cubra com água e deixe repousar 3 a 5 dias. No fim, coe e dilua este composto numa razão de 1 para 10 de água. Após finalizado, pode aplicar livremente e alimentar assim o seu solo cultivado.

Veja este nosso vídeo feito em parceria com a STIHL para aprender mais sobre este tópico. Aprenda assim métodos e vantagens por detrás da aplicação de fertilizantes caseiros naturais no solo das seus vegetais e ornamentais.

Gostou deste artigo?
Então subscreva o canal da Jardins no Youtube, e siga-nos no Facebook, Instagram e Pinterest.

Poderá Também Gostar