Hortícolas e Frutícolas

Misturar alhos com…cebolas!

O alho e a cebola são das hortícolas mais consumidas na gastronomia portuguesa, para além disso possuem inúmeras qualidades medicinais. A família das Liliaceae, a que pertencem os bolbos designados por Allium, dividem-se em dois grupos principais:

1- As cebolas, com todas as suas variedades (branca, roxa, castanha, etc.), as chalotas, o cebolo ou cebola nova (spring onion) e o cebolinho.

2- Os alhos (brancos e roxos), o alho-francês, o cebolinho chinês ou alho-nirá.

Cuidados de cultivo da cebola

Semeia-se em viveiro no início do outono e planta-se de janeiro a março, para se colher entre junho e agosto. Está pronta a ser colhida quando as folhas começam a secar; cuidado para não deixar espigar e criar flor (a não ser que queira colher as sementes para futuras produções), pois o bolbo perde qualidades gastronómicas e fica mole.

Depois de colhidos, os bolbos devem ser expostos ao sol durante quatro ou cinco dias, ainda com as folhas, a fim de secar. Se quisermos voltar a produzir cebolas iguais às que colhemos, basta escolher as mais bonitas e voltar a pô-las na terra no fim do inverno ou quando começarem a germinar, para darem flor. Depois de secas, soltam inúmeras sementes que podemos semear no fim do verão e plantar em janeiro.

Companheiros de viagem
  • Semear: Fava, ervilha, coentro, rúcula;
  • Plantar: Alface, couve, espinafre, aipo, acelga, nabiça, nabo;
  • Colher: Folhas tenras das alfaces, das couves, dos nabos;
  • Tratar: Retirar as plantas secas das culturas de verão e preparar as camas para as novas culturas, remexendo um pouco a terra. Fazer os enxertos nas árvores de fruto.
De comer e chorar por mais

Uma das variedades de cebola que mais aprecio é o cebolo ou cebola nova, a que os ingleses chamam spring onion. Se a colhermos tenra e a assarmos no forno cortada ao meio, com um fio de azeite e sal grosso, é uma verdadeira iguaria. Pode substituir a cebola vulgar nas aplicações culinárias.

Sabia que…?

  • Todas as cebolas têm a folha redonda, enquanto todas as variedades da família dos alhos têm a folha chata.
  • Há quem diga que as cebolas e os alhos vieram da Ásia Central ou do Médio Oriente, mas as suas variedades espontâneas encontram-se em todos os continentes.
  • As cebolas e os alhos são utilizados em produtos fitossanitários no combate a pragas e doenças das culturas.
  • Os alhos são indicados nos tratamentos de constipações e gripes, para reduzir o colesterol, baixar a tensão arterial e reduzir os níveis de açúcar no sangue, a cebola tem qualidades digestivas, respiratórias e antisséticas.

Condições de cultivo do alho

Semeia-se de outubro a dezembro e colhe-se em junho e julho. Devemos selecionar os dentes maiores da parte exterior do bolbo e esperar que surja o “bico de papagaio”, ou seja, que as folhas mostrem os primeiros sinais de desenvolvimento. Plantam-se a cerca de 5 cm de profundidade com a parte do bico virada para cima. Estará pronto a colher assim que as folhas começarem a secar. Deve secar ao sol durante dois ou três dias antes de ser armazenado.

Alho francês

Depois de crescido, resiste a todas  as geadas, tornando-se assim num ótimo legume para manter na horta durante todo o inverno e ir colhendo  à medida que se vai precisando.

Fotos: GettyImages

Gostou deste artigo? Subscreva o canal da Jardins no Youtube e siga-nos no Facebook e no Instagram.

Poderá Também Gostar