Jardins

Pequenos espaços, grandes soluções

O seu jardim é de pequenas dimensões? Não sabe o que plantar para tirar partido do espaço por mais pequeno que seja? Com estas três soluções que propomos vai aperceber-se que o tamanho não conta.

Refúgio costeiro, flores bem protegidas

A proximidade do mar é perigosa para determinadas plantas: vento, humidade, salubridade, Sol forte… Mas nem tudo são perigos. O mar actua como um manto protector que mantém as temperaturas das regiões costeiras mais altas que as do interior, com geadas pouco frequentes. Todas as espécies deste exemplo que propomos podem ser plantadas junto à praia.

Também não importa o tipo de solo desde que tenha suficiente porosidade e boa drenagem. Trata-se de um conjunto variado de formas e cores pensado para ter interesse durante todas as estações do ano. Papoilas, nepetas e gerânios desenvolvem os seus encantos a partir da segunda metade da Primavera; aquileas e hemerocalis, no Verão; miscantus e penisetum nas estações frias. Também pode usar exemplares arbóreos e arbustivos como barreira contra o vento.

1. Miscantus

As massas verdes que forma esta perene podem ser usadas como fundo da composição. No Verão produz espigas claras e as folhas resistentes ao frio ficam bronzeadas.

2. Papoilla

As flores em forma de copa emergem espontaneamente no campo e podem estabelecer-se no jardim a partir de sementes. É resistente e apta para solos húmidos e Sol pleno.

3. Hemerocalis

Flores sucessivas em forma de trompeta e um só dia de vida caracterizam esta espécie. Gostam de Sol pleno e solos húmidos. Multiplica-se por divisão.

4. Pennisetum

Deve o nome às panículas das espigas rosa creme que produz no Outono. É resistente e gosta de humidade e Sol pleno.

5. Gerânio vivaz

Pode ser usada como rasteira pelas atractivas flores e dá excelentes resultados no jardim de rochas. Cresce em qualquer terreno desde que não encharcado e prefere Sol pleno.

6. Aquilea

No Verão produz cabeças com flores amarelas e as folhas fazem lembrar fetos. É resistente e tolera solos húmidos, embora bem drenados. Gosta de Sol pleno.

7. Áster

O principal atractivo são as cabeças florais de diferentes cores, de acordo com a espécie. Regue bem no Verão sem encharcar e coloque tutores nas espécies altas.

8. Nepeta

Floresce no Verão e multiplica-se por divisão na Primavera ou por estacas obtidas no Verão. As flores pequenas preferem Sol pleno e solos húmidos mas bem drenados.

Falta de adubo

A falta de adubo é a causa da preguiça vegetativa da maior parte das espécies junto ao mar. Geralmente, no litoral os terrenos são pobres em nutrientes. Para conseguir beleza nas plantas deve corrigir o solo, aplicando todos em todos os invernos boas doses de matéria orgânica. No Verão, adubo mineral.

Gostou deste artigo? Subscreva o nosso canal no Youtube e siga-nos no Facebook, no Instagram e no Pinterest.

Poderá Também Gostar