Próteas: introduza-as no seu jardim

Cada vez com mais procura em Portugal, estas são plantas que podem fazer a diferença no seu jardim ou mesmo em vaso na sua varanda ou terraço. São lindas e muito resistentes.

As próteas são plantas fora do normal que pela sua beleza, forma e floração não passam despercebidas a ninguém. Muito usadas como flores de corte, pelas floristas e flower designers de todo o mundo, cada vez aparecem mais nos jardins, fazendo um grande sucesso e tendo um cada vez maior número de fãs.

Há cerca de 100 espécies de próteas conhecidas, pertencentes à família das Proteaceae, que tem mais de 83 géneros com cerca de 1660 espécies.

Outros géneros igualmente muito utilizados nos jardins são as Telopea, Serruria, Banksia, Leucospermum e Leucandendron. São plantas que inspiram muito respeito, pois existem há mais de 95 milhões de anos. São nativas da Austrália, África e América do Sul e Indonésia.

De entre muitas outras, destaco algumas das próteas mais vendidas em Portugal e que facilmente poderá introduzir no seu jardim. Crie um recanto para as suas próteas, pois elas em conjunto desenvolvem-se ainda melhor pois benefi ciam da proximidade umas das outras; também em termos estéticos a sua beleza em conjunto é ainda maior. Todas estas próteas são produzidas pela Floratoscana, que pode conhecer melhor no site oficial.

Condições de cultivo

Necessitam de muitas horas de sol direto por dia para se desenvolverem em boas condições e florirem abundantemente. Toleram alguns graus abaixo de zero, em especial se o frio for gradual e se não houver muita humidade.

Solo e fertilização

Deve ser arenoso, na maioria dos casos, com um pH ácido (5,5-6,5) e bem drenado, para que as raízes recebam oxigénio sufi ciente. Evite ter próteas num solo argiloso. O solo deve ser pobre em nutrientes; não toleram fósforo, por isso use apenas adubo próprio para próteas. No caso de o solo ter um pH maior do que 6,5, adicione turfa e sulfato de ferro antes de plantar a prótea. Devem ser fertilizadas mensalmente durante o período de floração

Rega

Durante o primeiro ano após a plantação, as próteas precisam de mais água do que o habitual para garantir o desenvolvimento saudável das raízes. A partir do segundo ano, basta regar uma vez por semana nas alturas de maior secura.

Mulching

Pode aplicar mulch orgânico (casca de pinheiro, por exemplo) por cima do solo onde a prótea está plantada. Isto ajuda a controlar as pragas e conserva a humidade.

PROTEA WHITE CROWN®

  • Floração: Setembro a abril.
  • Temperatura mínima a que a planta resiste: -4 ºC.
  • Altura máxima da planta: 1,5 metros. L
  • uminosidade: Sol pleno.
  • Rega: Regar mediamente.

 

TELOPEA SHADY LADY WHITE

  • Floração: Fevereiro, março e abril.
  • Temperatura mínima a que a planta resiste: -7 ºC.
  • Altura máxima da planta: 3 metros.
  • Luminosidade: Meia-sombra.
  • Rega: Regar mediamente.

 

SERRURIA BLUSHING BRIDE

  • Floração: Fevereiro, março e abril.
  • Temperatura mínima a que a planta resiste: -4 ºC.
  • Altura máxima da planta: 1 metro.
  • Luminosidade: Sol pleno.
  • Rega: Regar mediamente.

 

 

LEUCOSPERMUM YELLOW CARNIVAL

  • Floração: Março, abril e maio.
  • Temperatura mínima a que a planta resiste: -4 ºC.
  • Altura máxima da planta: 2 metros.
  • Luminosidade: Sol pleno.
  • Rega: Regar mediamente.

 

BANKSIA BIRTHDAY CANDLES

  • Floração: Agosto, setembro e outubro.
  • Temperatura mínima a que a planta resiste: -8 ºC.
  • Altura máxima da planta: 50 centímetros.
  • Luminosidade: Meia-sombra.
  • Rega: Regar mediamente.

 

PROTEA LITTLE PRINCE®

  • Floração: Todos os meses do ano exceto junho, julho e agosto.
  • Temperatura mínima a que a planta resiste: -3 ºC.
  • Altura máxima da planta: 1,5 metro.
  • Luminosidade: Sol pleno.
  • Rega: Regar mediamente.

 

TELOPEA SHADY LADY RED®

  • Floração: Fevereiro, março e abril.
  • Temperatura mínima a que a planta resiste: -7 ºC.
  • Altura máxima da planta: 3 metros.
  • Luminosidade: Meia-sombra
  • Rega: Regar mediamente.

LEUCOSPERMUM AYOBA RED®

  • Floração: Março, abril e maio.
  • Temperatura mínima a que a planta resiste: -3 ºC.
  • Altura máxima da planta: 1,5 metro.
  • Luminosidade: Sol pleno.
  • Rega: Regar mediamente.

 

 

LEUCADENDRON BURGUNDY SUNSET®

  • Floração: Setembro-abril
  • Temperatura mínima a que a planta resiste: -4 ºC.
  • Altura máxima da planta: 2,5 metros.
  • Luminosidade: Sol pleno.
  • Rega: Regar mediamente.

Fotografia: Flora Toscana

Gostou deste artigo? Subscreva o canal da Jardins no Youtube e siga-nos no Facebook e no Instagram.

Poderá Também Gostar